O ator Milton Gonçalves que faleceu nesta segunda (30), aos 88 anos ficou conhecido por trabalhos marcantes  e sua voz era também marcante deixando sua marca em diversas narrações para séries especiais e documentários. E em um deles deixou registrada, em 2013, a admiração pelo judô.

O ator gravou a locução de um documentário especial sobre Keiko Fukuda, discípula de Jigoro Kano. Ela era pioneira na difusão do judô no mundo.

Keiiko Fukuda foi exemplo para muitos -  reproduçãoKeiiko Fukuda foi exemplo para muitos -  reprodução

- Tenho por ela o maior respeito não só como judoca décimo dan, mas a uma mulher que teve a coragem de enfrentar a hostilidade.

Ela havia enfrentado o machismo no Japão nos anos 1930 para se tornar uma referência no judô. Milton foi aluno do sensei Fukio Nakano em uma tradicional academia em São Paulo. Para ele, os ensinamentos do judô na vitória e na derrota o ajudaram a atravessar momentos difíceis na vida.

flamengo foi outra paixão de Milton Gonçalves -reproduçãoflamengo foi outra paixão de Milton Gonçalves -reprodução

- Isso me ajudou psicologicamente a aceitar a derrota como uma coisa factível. Isso tá plantado dentro da minha cabeça, do meu coração, porque foi o que ajudou a sobreviver num meio hostil, pobre, duro, teso. 

Além do judô, Milton nunca escondeu ser torcedor do Flamengo. Em uma participação no programa Redação sportv, ele declarou o seu amor ao clube. O Flamengo lamentou a partida do ator em nota.

O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente a morte do grande rubro-negro Milton Gonçalves, que foi Vice-Presidente Social, Sócio-Proprietário e Sócio Emérito do clube. Aos familiares e amigos do excepcional ator, desejamos muita força neste momento tão triste. 🙏#CRF pic.twitter.com/vqeSuRiWDj

— Flamengo (@Flamengo) May 30, 2022 stify;">]

Torcedor Fanático

Milton era  um torcedor fanático do time do Flamengo e era sócio do clube. Quem imagina que ele tenha sido também ativo na vida política do Rubro-Negro. Havia ocupado o cargo de Vice-Presidente Social e era sócio emérito do Flamengo.

Em 2012, foi indicado para ser o Vice-Presidente na chapa de Ronaldo Gomlevsky. A chapa se retirou antes das eleições, se juntando à de Eduardo Bandeira de Melo. Ela foi a vencedora daquele ano.