Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Morre Maradona: veja capas dos principais jornais do Brasil e do mundo

Falecimento do ídolo argentino é destaque em todo o mundo e domina a imprensa esportiva

Compartilhe

A morte de Diego Armando Maradona, aos 60 anos, foi destaque no noticiário esportivo internacional e dominou as manchetes dos principais veículos de imprensa mundial, não só de esporte, que destacaram diferentes aspectos sobre "El Pibe". Um dos primeiros a liberar nas redes sociais a capa da sua edição impressa desta quinta foi o francês "L'Eequipe", com o título "Deus está morto".

Outras publicações também usaram a metáfora da divindade futebolística de Maradona em suas manchetes, como os espanhóis "Sport" ("Deus já está no céu") e "As" ("Deus está morto"), e o francês "Libération" ("Celeste"). "The Sun" destaca frase de Pelé sobre Maradona

Na Inglaterra, marcada por dois gols históricos de Maradona na Copa de 1986, o da "mão de Deus" e o da antológica arrancada desde o meio do campo, os jornais esportivos também deram destaque à eternidade do ídolo: "Diego é eterno", estampou o "Mirror".

Já o "The Sun" destacou a frase com que Pelé se despediu de Maradona nas redes sociais: "Um dia vamos jogar futebol juntos no céu". O "Clarín", da Argentina, que deu em primeira mão o falecimento de Diego Maradona, ressalta que "Morre Maradona e o mundo chora".

Com vasta cobertura em andamento sobre a morte de Maradona, o "Olé", lamentou que "este dia chegou, aquele que o mundo do futebol rezava para que não ocorresse nunca". O jornal relembra que Diego estava em uma casa na cidade de Tigre, na grande Buenos Aires, desde o dia 4 de novembro, quando passou por uma cirurgia para a retirada de um hematoma do cérebro.

O diário "Marca", o jornal esportivo de maior circulação na Espanha, afirma que "falece a lenda do futebol por cauda de uma parada respiratória", e destaca que o argentino seguirá vivo para sempre na mente dos amantes do futebol. Por sua vez, o "As" reforça o sentimento de comoção mundial com a morte do argentino.

VEJA CAPAS:



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar