Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mourinho se arrepende de como tratou Schweinsteiger no United

"Eu sinto muito", disse o português

Mourinho se arrepende de como tratou Schweinsteiger no United
José Mourinho | Reprodução
Compartilhe
Google Whatsapp

Depois de ver Bastian Schweinsteiger partir rumo aos Estados Unidos, o técnico José Mourinho se desculpou publicamente pela maneira como tratou o meio-campista no Manchester United.

"Eu me arrependo, sim", disse o português nesta sexta-feira. "O que eu faria de diferente? Eu o deixaria fazer parte do time", lamentou.

Na última terça-feira, o jogador de 32 anos deixou Old Trafford e assinou contrato com o Chicago Fire, da MLS (Major Soccer League), time da cidade de Illinois. Revelado pelo Bayern de Munique, o alemão chegou ao United em 2015, mas nunca conseguiu se firmar como titular. Com Mourinho no comando, chegou a treinar com o time B e ficou meses sem ao menos ser relacionado.

José Mourinho (Crédito: Getty)
José Mourinho (Crédito: Getty)

Agora, no entanto, o comandante reconhece que agiu mal e garantiu que faria diferente caso tivesse outra chance.

"Naquele momento tínhamos muitos jogadores em situação duvidosa, mas depois de conhecê-lo profissional e pessoalmente, de ver a maneira como se comportou e como respeitou minhas decisões como técnico, me arrependo. E não tenho problema nenhum em admitir, porque já falei isso para ele", continuou o treinador.

Os baixíssimos números do meia na equipe inglesa surpreendem. Foram somente 18 atuações (13 como titular e cinco como substituto) em duas temporadas praticamente completas. Mesmo assim, o atleta segue como um dos mais queridos da torcida.

"Quando ele me pediu para sair, eu tive que dizer sim. Já havia errado com ele uma vez, não podia errar de novo. Eu sinto muito pelo primeiro período que passei com ele aqui, e ele sabe disso", admitiu Mourinho, que permitiu a saída do jogador em uma tentativa de se desculpar.

"Perdi um bom homem, um bom profissional e uma ótima influência nos treinos. Mas eu tive de deixa-lo ir e, agora, desejo publicamente a ele e a sua mulher uma vida muito feliz em Chicago", finalizou Mourinho.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto