O atacante Neymar, da seleção brasileira e do PSG, apareceu em um vídeo declarando apoio ao atual presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição.

Nas imagens, publicadas no TikTok do jogador e no Twitter do secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fabio Wajngarten, o atleta aparece dançando e cantando uma música em alusão ao político.

Neymar publica vídeo com dança e declara apoio a Bolsonaro nas eleições (Foto: Rerprodução)Neymar publica vídeo com dança e declara apoio a Bolsonaro nas eleições (Foto: Rerprodução)"22 é Bolsonaro. Vota, vota e confirma, 22 é Bolsonaro", diz o jingle entoado por Neymar — as eleições para a presidência acontecem neste domingo (2) em todo o Brasil.

Como está em Paris, o jogador terá que vir ao Brasil se quiser transformar a dancinha em voto. É que Neymar não transferiu o título de eleitor desde que foi para a Europa. O local de votação do jogador é em Santos, como consta no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o Ministério de Relações Exteriores, "os eleitores que votam no Brasil não podem votar em trânsito no exterior".

Ontem, o atacante havia mandado um recado ao atual presidente, que esteve no Instituto Projeto Neymar Jr, localizado no litoral paulista.

"Estou muito feliz que você está aí, por todo mundo aí. Abraço para todos, obrigado pelo carinho sempre. Era só para mandar um abraço, obrigadão", disse Neymar em um vídeo publicado por pessoas ligadas a Bolsonaro. Ele, no entanto, não havia declarado apoio formal ao candidato do PL.

Pouco depois da postagem de Wajngarten, o próprio presidente usou sua rede social para agradecer ao jogador e republicou o vídeo — que ainda mostra outras pessoas dançando o jingle. O político ainda relacionou uma suposta reeleição com a trajetória da seleção na Copa: "Reeleição Hexa".