Neymar teria recebido R$ 100 milhões de bônus por renovação

Neymar tem motivos de sobras para sorrir

Principal nome da classificação heróica do Barcelona na Liga dos Campeões após a vitória por 6 a 1 sobre o Paris Saint-Germain, na última quarta-feira, Neymar tem motivos de sobras para sorrir. Desde que renovou seu contrato, em outubro de 2016, o atacante tem tido a tranquilidade para atuar sem pensar em ofertas ou outros interessados. Além de um aumento considerável - passou a receber cerca de € 15 milhões anuais (R$ 51 milhões) - , o jornal "Mundo Deportivo" afirma em publicação deste sábado que o camisa 11 ainda foi beneficiado com um bônus de mais de € 30 milhões (R$ 100 milhões) a ser pago ao longo de seu vínculo.

Image title

A informação dada pelo jornal catalão tem como base o detalhamento divulgado pelo Barcelona em sua Assembleia de Eleitores, realizada em outubro passado, mês em que Neymar acertou sua renovação. No documento, aparecia uma cifra de € 64 milhões destinada a bonificações para os acertos de contrato com três jogadores, sem especificá-los. Porém, o jornal afirma que seriam Mascherano, Busquets e o brasileiro, todos que ampliaram seus vínculos no período, sendo que o atacante levou quase metade de toda a quantia.

A manobra teria sido feita para evitar que todo esse valor se transformasse em salários ainda mais altos para os atletas, o que poderia causar problemas à diretoria por conta do estatuto do clube, que não permite aumentos de gastos com vencimentos tão altos em pouco tempo. Espera-se que Messi, que ainda segue negociando sua renovação com o Barcelona, receba tratamento igual, com uma bonificação bastante alta, o que equipararia os seus ganhos com os oferecidos por outros interessados, como o mercado chinês. A oferta, além de valores adicionais, giraria em torno de € 40 milhões (R$ 135 milhões) por ano apenas em salários.

Fonte: Com informações do Globoesporte.com