Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

“Nunca deveríamos fazer uma parada única neste esporte”, diz Hamilton

Lewis Hamilton prefere que as corridas de duas paradas se tornem a norma na Fórmula 1

“Nunca deveríamos fazer uma parada única neste esporte”, diz Hamilton
Hamilton: "Torna-se mais emocionante quando há mais paradas.” | Divulgação
Compartilhe

O seis vezes campeão mundial, disse repetidamente que preferia um desafio acirrado em vez de uma corrida dominante, e foi isso que a Pirelli entregou durante o Grande Prêmio do 70º aniversário do fim de semana passado, vencido por Max Verstappen da Red Bull, que largou do quarto lugar no grid. Informações do site Terra

Hamilton:  "Torna-se mais emocionante quando há mais paradas.”

Foi o resultado da Pirelli trazer uma gama de pneus mais macios em comparação com as corridas anteriores desta temporada, o que obrigou os pilotos a fazer duas ou mesmo três paradas, em comparação com a única usual, o que abriu a oportunidade para estratégias diferentes.

Verstappen, que largou com pneus duros, conseguiu ultrapassar as duas Mercedes, que começaram com o composto médio, e conquistou sua primeira vitória na temporada.

Embora Hamilton tenha perdido por causa disso, ele pediu à Pirelli que pressionasse por mais corridas de duas paradas, mesmo que isso custasse à Mercedes sua vantagem de desempenho.

“Viemos aqui com pneus mais macios, o que tornou a corrida mais emocionante”, disse o britânico.

“Nunca deveríamos fazer uma parada única neste esporte, nunca foi bom assistir como fã, torna-se mais emocionante quando há mais paradas.”

Questionado especificamente sobre como aproximar a Red Bull da Mercedes, Hamilton disse que prefere uma competição mais próxima.

“Eu acho isso ótimo. Eu quero ter corridas onde eles sejam desafiadores. Obviamente, o Red Bull tem sido, parece estar muito perto de nós em condições de corrida, o que mostra que eles não têm um pacote tão ruim quanto as pessoas disseram.”

“Acho que está bom. Vai ser interessante ver a progressão ao longo do ano e eu definitivamente não vou esquecê-los. Eu preciso ficar de olho neles e continuar trabalhando para seguir em frente porque não vai ser fácil de forma alguma”, acrescentou.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar