Palco do Fla-Flu da final da Taça Guanabara não sai antes de quarta

Maracanã não estará disponível

O local onde vai acontecer a final da Taça Guanabara, entre Flamengo e Fluminense, só será definido, na melhor das hipóteses, na quarta-feira de cinzas. Neste dia, está agendada uma reunião entre as diretorias dos clubes envolvidos e os responsáveis pela segurança pública do Rio de Janeiro para definir o estádio da decisão.

Em contato com a reportagem, Marcio Mac Culloch, Gerente de Comunicação e Relacionamento com a Imprensa do Flamengo, e representantes da Ferj confirmaram a informação.

Maracanã (Crédito: Reprodução)
Maracanã (Crédito: Reprodução)

As semifinais da Taça Guanabara foram um fracasso de público. O clássico entre Flamengo e Vasco, em Volta Redonda, teve 6.979 presentes, 5.484 pagantes. O jogo entre Fluminense e Madureira foi ainda pior: apenas 1.992 pagantes.

Nos dois casos, a indefinição sobre o local das partidas fez com que a venda de ingressos fosse afetada. Apenas três dias antes dos jogos foi batido o martelo sobre o palco das semifinais.

O Maracanã ainda não está disponível para o Carioca. Após a realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 sofreu com abandono do Consórcio que o administra e teve sérias avarias no gramado e até mesmo na estrutura.

A intenção do time rubro-negro é utilizar o estádio apenas na estreia da Copa Libertadores, que será realizada no dia 8 de março, contra o San Lorenzo-ARG. O plano do Flamengo é de que a final da Taça Guanabara possa ser jogada no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, com torcida mista.

A Justiça carioca determinou que os clássicos do Estado ocorram com torcida do time mandate após a briga entre flamenguistas e botafoguenses, no último dia 12 de fevereiro, no Engenhão. Flamengo e Vasco conseguiram uma liminar para se enfrentarem com torcida dividida, mas tiveram de transferir o jogo do Engenhão para Volta Redonda.

Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com