O Palmeiras conquistou mais um importante resultado nesta terça-feira ao golear o Independiente Petrolero-BOL por 5 a 0, em Sucre, em jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. Com isso, o Verdão conseguiu garantir sua a classificação nas oitavas do torneio e a liderança de sua chave. 

O treinador Abel Ferreira escalou sua melhor equipe e o resultado foi a vitória com três gols de Raphael Veiga, um de Rafael Navarro e um  terceiro de Murilo.

Vale lembrar que no jogo de ida, o Palmeiras tinha construído um placar histórico contra o Petrolero, derrotando por 8 a 1 no Allianz Parque - consiederada a maior goleada do clube na história da Libertadores

Jogo foi marcado por goleada do Palmeiras diante do Independiente. (Foto:  Staff - Conmebol)Jogo foi marcado por goleada do Palmeiras diante do Independiente. (Foto:  Staff - Conmebol)

A partida teve um gosto a mais para Veiga, isso porque ele ultrapassou Rony tornando-se o artilheiro do Palmeiras no campeonato em todos os tempos, com o saldo de14 gols.

Primeiro tempo

Em jogo equilibrado, depos de cruzamento de Veiga pela esquerda, Gómez teve a oportunidade da primeira boa chance do jogo, cabeceando para defesa do goleiro. Mesmo assim, Murilo não conseguiu finalizar na sobra. E aos 15 minutos, Francisco Silva colocou a mão na bola dentro da área, quando o árbitro marcou pênalti. Veiga foi para cobrança e deslocou com tranquilidade o goleiro, chutando praticamente no meio do gol e abrindo o placar.

E aos sete minutos em seguida, o Palmeiras fez o segundo gol na partida. Piquerez cruzou pela esquerda, Dudu recebeu com muita liberdade e passou para Veiga apenas mandar para a rede. Na continuidade do jogo, Dudu fez um cruzamento rasteiro para dentro da área, e Rony bateu, mas foi barrado na defesa de Ayala.

O Petrolero chegou a assustar depos de uma cobrança de falta pela esquerda, mas Cristaldo testou firme e viu Weverton defender a jogada. O atacante finalizou na sobra e teve seu arremate impedido por Gómez. Na sequência, Rony chutou em cima do goleiro e por pouco não ampliou o placar.

Foi quando Cristaldo serviu Florenciañez, invadindo a área pela direita e finalizou cruzado, sem oferecer perigo. No minuto final, Cristaldo recebeu o cartão vermelho depois que deu uma cotovelada em Murilo, deixando o Petrolero com um a menos em campo.O técnico Marcelo Robledo também foi expulso após reclamação.

Segundo tempo

Na volta, o Palmeiras estava tranquilo e chegou ao terceiro gol aos 14 minutos de jogo, em um bonito gol de Veiga. O jogador arriscou chute de muito longe e acertou no ângulo direito. O Palmeiras marcou mais um na sequência com Rafael Navarro, que recebeu passe de Piquerez, atuando dentro da área e finalizando diretamente no canto esquerdo da trave.

Por fim, foi a vez do camisa 14 arriscar de fora da área e acertar a trave direita, mas Weverton ainda fez uma grande defesa em cobrança de falta na partida