Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Palmeiras massacra o River e tem vantagem rumo à final da Libertadores

O Palmeiras saiu da Argentina com um pé na final vencendo por 3 a 0.

Compartilhe

O Palmeiras saiu da Argentina com um pé na final da Libertadores. Isso porque o Verdão venceu o River Plate por 3 a 0, com gols de Rony Luiz Adriano e Viña, no jogo de ida da semifinal do torneio. Agora, as equipes fazem o duelo decisivo na próxima terça-feira (12), no Allianz Parque, às 21h30. Os brasileiros podem perder por até dois gols de diferença, que ainda garantem vaga na final. Com informações do Lance.

O River teve mais volume no primeiro tempo, mas não aproveitou as oportunidades. O Alviverde contou com falha de Armani e expulsão de Carrascal para construir ótima vantagem no confronto.

Pelo mesmo lado, minutos depois, os Millionarios tiveram ótima chance de abrir o placar. Marcos Rocha perdeu disputa de corpo e a bola ficou para Suárez. Ele aproveitou espaço cedido por Empereur e cruzou para Carrascal. O camisa 8 chutou à queima roupa, e Weverton fez excelente defesa.

Rony e Luiz Adriano comandaram o ataque Alviverde contra o River (Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP)

Enquanto os mandantes exploravam os lados do campo e controlavam a posse de bola, os visitantes se arrumaram na defesa, mas não conseguiam conectar as jogadas de contra-ataque.

Aos 26, Montiel descolou ótimo cruzamento para Suárez. O camisa 7 mergulhou de carrinho, mas não conseguiu desviar para o gol.

O River criava mais, no entanto, foi o Palmeiras, em sua primeira chance na partida, que abriu o placar.

Rony, o Senhor Libertadores

Patrick de Paula lançou Gabriel Menino pela direita, que cruzou na área. Armani saiu estranho do gol e afastou com o pé. A bola sobrou fora da área para Rony. O camisa 11 ajeitou e bateu. A bola tocou em De La Cruz antes de entrar no gol.

Na sequência, o Verdão chegou a ampliar. Rony lançou Luiz Adriano. O camisa 10 cruzou rasteiro. Scarpa tirou de Armani com estilo e empurrou para as redes. Contudo, o bandeirinha levantou a bandeira, e o VAR confirmou impedimento de Luiz Adriano.

Verdão volta com tudo na segunda etapa

Rony Comemora gol- Foto; Getty Images

O Palmeiras voltou ligado após o intervalo. Em poucos segundos de bola rolando, Weverton deu lançamento Rony, que aproveitou a lentidão de Pinola, e disparou. Mas o camisa errou o domínio final e chutou fraco.

Palmeiras aproveita expulsão e faz o terceiro

O time da casa buscava o empate, mas não pressionava como no primeiro tempo. E se a missão era difícil, aos 16 do segundo tempo, ficou ainda pior.

Aos 39, Breno Lopes puxou contra-ataque e tocou para Menino na direita. O camisa 25 do Palmeiras bateu forte, cruzado, mas Armani fez uma grande defesa e espalmou para escanteio.

Nos minutos finais, os brasileiros diminuíram o ritmo, e os argentinos tentavam, mas saíram sem balançar as redes de Weverton.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar