Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Pela 1ª vez na história, Anderson Silva perde liderança no ranking do UFC

Pela primeira vez na história, Spider não é o campeão ou o líder da classificação entre os pesos médios; confira os demais destaques da atualização

Pela 1ª vez na história, Anderson Silva perde liderança no ranking do UFC
Anderson Silva | Reprodução
Compartilhe

O caso de doping revelado logo após sua vitória sobre Nick Diaz no UFC 183 segue tendo forte impacto na carreira de Anderson Silva. Agora, o Spider, que jamais havia deixado a primeira posição no ranking dos pesos médios, caiu uma posição e foi ultrapassado pelo compatriota Ronaldo Jacaré, novo líder da listagem.


A notícia pode ser um trunfo a mais para Ronaldo Jacaré na busca pelo posto de desafiante número um ao título dos médios . Liderando o ranking, que não inclui os campeões, o brasileiro encara o cubano Yoel Romero no dia 18 de abril, no UFC on FOX 15 e pode ficar perto de uma chance pelo cinturão.

No momento, após ser flagrado em exames antidoping antes e depois do UFC 183, Anderson aguarda a audiência disciplinar na qual será julgado. A reunião ainda não possui data oficial, mas deve acontecer já no mês de março. Até lá, o Spider, que foi pego pelo uso de esteroides anabolizantes e medicamentos ansiolíticos, está suspenso provisoriamente pela Comissão Atlética de Nevada, responsável pelo caso.

Realizado no último domingo (22) e com nada menos do que dez azarões saindo vencedores em onze lutas, o UFC Porto Alegre também provocou algumas alterações sensíveis nos rankings. A mais marcante delas foi a escalada de Michael Johnson, que ganhou nada menos do que seis posições entre os leves após bater Edson Barboza na luta co-principal da noite. O norte-americano agora é o sexto colocado, duas posições à frente do próprio Edson.

Outro destaque da atualização pós-UFC POA foi a entrada do norte-americano Frankie Saenz no top 15 dos pesos galos. Saenz, que bateu Iuri Marajó no card principal, já estreia na classificação no 12º lugar. Sensação oposta a essa foi vivida por Adriano Martins. O manauara esperava debutar no top 15 dos pesos leves após bater Rustam Khabilov por decisão unânime. O russo até deixou a relação dos melhores da categoria, mas no seu lugar entrou o norte-americano Nick Diaz, e não Adriano.

Quem também não tem nenhum motivo para comemorar é Antônio Pezão. Após sofrer sua segunda derrota consecutiva, a terceira em quatro lutas, o peso pesado despencou quatro posições. Melhor para seu algoz Frank Mir, que, além de se reabilitar após uma série invicta de quatro revezes, subiu duas colocações e agora é o 11º na divisão até 120 kg.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar