Peru pode ficar fora da Copa de 2018; Itália e Chile querem a vaga

O Peru se classificou à Copa na repescagem ao vencer Nova Zelândia

Classificado à Copa do Mundo de 2018 após 26 anos, o Peru vive momentos de apreensão. Isso porque existe a possibilidade de o país ficar fora do Mundial da Rússia. É o que revelou o jornal peruano “Líbero”. Conforme o diário, existe a chance do Peru ser excluído da Copa se for aprovado um projeto apresentado pela congressista Paloma Noceda, no qual a Federação Peruana de Futebol (FPF) perderia sua autonomia e passaria a ser controlada pelo Governo.

Se for aprovada a medida, que, ao que tudo indica, terá do seu lado a maioria do Congresso, a Fifa pode ter mão dura e exemplar, excluindo a seleção peruana de todas as competições internacionais, a começar pelo Mundial. A entidade não permite esse tipo de intromissão e, assim, o Peru seria automaticamente desfiliado da entidade, abrindo caminho para o Chile (atual 10º colocado do ranking da Fifa) ou para a Itália (14ª), que são as duas seleções melhores colocadas no ranking da organização que estão fora da Copa.

"Se uma associação (dos 32 classificados) se retirar ou for excluída da competição, o Comitê Organizador da Fifa decidirá sobre o assunto e tomará as medidas que considere necessárias. O Comitê pode, inclusive, decidir substituir a associação em questão por outra associação filiada", diz o artigo 7 do regimento da Fifa.

O Peru se classificou à Copa na repescagem ao vencer a Nova Zelândia por 2 a 0, em Lima. O atacante Paolo Guerrero, suspenso, não estava em campo.



Fonte: Com informações do Jornal Extra
logomarca do portal meionorte..com