Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Piauí cogita usar a base para concluir estadual

Enxuga Rato avalia impacto da pandemia e previsão de retorno do Campeonato Piauiense

Piauí cogita usar a base para concluir estadual
| Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com
Compartilhe

Interessado em salvar o ano marcado pelo risco de rebaixamento no estadual, o Piauí Esporte Clube acredita ter em mente a solução para superar a crise financeira provocada pela pandemia do coronavírus. A diretoria do Enxuga Rato revelou que pretende concluir o Campeonato Piauiense, paralisado em março, montando um novo time praticamente apenas com jogadores da base. O aperto financeiro trazido pela pausa no calendário acentuou a difícil fase da equipe, que convive com o risco de queda para a Série B local – é o penúltimo colocado na tabela de classificação. Informações dos ite GloboEsportes.com

- O Piauí sempre apostou em sua base. Lógico que nós estamos perdendo alguns jogadores para clubes de fora que vão disputar a Série D, mas nós vamos segurar os que nós temos e reforçar com os jogadores da base. Temos ainda cinco partidas, duas viagens arriscadas, uma em Parnaíba, onde o negócio está sério. Vamos trabalhar com essa meninada – explicou Jacob Júnior, presidente do Enxuga Rato.

- Vamos ter que aumentar o número de inscrições porque os contratos foram findados, a gente sempre faz contrato sazonal, na época do campeonato. Vamos trabalhar com jogadores locais. O Piauí foi campeão com um time praticamente caseiro e não adianta eu trazer jogadores de fora e contratar muitos – completou o dirigente.

Por conta do decreto estadual que restringiu a realização de jogos de futebol durante a pandemia, o Campeonato Piauiense foi paralisado, na 10ª rodada, no dia 17 de março. Ao todo, 20 jogos foram suspensos, incluindo os dois da grande final. O Enxuga Rato está na zona de rebaixamento com cinco pontos, na 7ª posição geral da tabela.

As oito equipes participantes liberaram os jogadores para cumprirem o isolamento social em seus estados de origem. Cinco clubes tiveram os contratos com os elencos encerrados. O Picos assinou um aditivo contratual que assegura o retorno de seus atletas para a reta final do torneio. Por disputarem a Série D, Altos e River-PI possuem maior tempo de contrato com seus jogadores.

Os dirigentes locais discutem a possibilidade de retomarem o Piauiense em novembro para fugirem do pico de contágio da Covid-19 e juntarem a reta final do torneio com o a pré-temporada do ano que vem.

- Tem que ter todas as garantias que não vamos ter problema nenhum, que o vírus diminuiu, porque sempre vai cair em cima do responsável principal, que é o presidente. Eu trazer 22 jogadores para treinar e morar na sede é muito arriscado. Eu falei: não vamos marcar previsão. O decreto vai até o dia 22, nos reunimos dia 24 e, se o governador não flexibilizar, vamos pensar em um tempo para treinar e depois começar. O decreto é uma coisa, mas essa parte de entretenimento é mais complicado porque a aglomeração é grande – frisou Jacob Júnior.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar