A Polícia Civil cumpriu no fim da tarde desta sexta-feira (04), um mandado de busca e apreensão na casa dos pais de Fernando de Carvalho Lopes, ex-técnico da seleção brasileira que está sendo investigado por abuso sexual em processo ingressado em 2016 pelos pais de um menor de 18 anos e que corre em sigilo de Justiça. 

 (Crédito: Tv Globo)
(Crédito: Tv Globo)

Operação

Três carros da Policia Civil chegaram até a casa, em São Bernardo do Campo, por volta das 17h. Ficaram cerca de 1h30 na residência. O acusado estava no local no momento da operação ao lado da mãe e da irmã. Depois, os agentes e a delegada do caso, Tereza Gurian, deixaram a casa sem dar entrevista. Na operação, a Polícia apreendeu CDs, DVDs, pen drives, HD externo e 1 fita cassete.

 (Crédito: Tv Globo)
(Crédito: Tv Globo)

 22 pessoas já prestaram depoimento no caso, no total. A última foi Diego Hypolito, que fez um pouco antes da ação da Polícia Civil. Ele foi treinado por Fernando de Carvalho Lopes de 2014 a 2016, quando o treinador foi afastado da seleção brasileira de ginástica um mês antes da Olimpíada.

A previsão é que Fernando de Carvalho Lopes seja ouvido no dia 17 de maio. Ate lá, a delegada pretende ouvir todas as pessoas citadas no processo, como a psicóloga Thais Coppini.