Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Presidente do Palmeiras lamenta derrota no STJD e admite: "sabíamos que era difícil"

O pedido foi negado por unanimidade, com nove votos a zero.

Compartilhe

O presidente Arnaldo Tirone tentou não demonstrar abatimento com a derrota que o Palmeiras sofreu no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quinta-feira. O clube não conseguiu impugnar a derrota por 2 a 1 diante do Internacional, em 27 de outubro, no Beira-Rio, com a alegação de que houve interferência externa para a anulação do gol de mão do atacante Barcos. O pedido foi negado por unanimidade, com nove votos a zero.

"Sabíamos que era uma batalha difícil, mas temos que lutar para defender os direitos do Palmeiras. Vamos continuar lutando. O Palmeiras veio aqui para defender os seus direitos. É complicado anular uma partida, mas tentamos", ressaltou Tirone.

O mandatário palmeirense ainda manteve a versão do clube sobre o lance polêmico. "O fato é que, no nosso entendimento, houve interferência externa na jogada do gol. Por isso, fomos atrás dos nossos direitos", afirmou.

Tirone prometeu voltar a se reunir com o departamento jurídico do Palmeiras para analisar o resultado do julgamento. "Vou conversar com os advogados para ver o que aconteceu", disse, preocupado com a grande probabilidade de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. "Devemos focar em ganhar as partidas que temos pela frente".


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar