Quadro de Max piora e ex-goleiro segue internado em estado grave

Ele está internado há um mês no Hospital da Lagoa no Rio

O quadro de saúde de Max, ex-goleiro do Botafogo, piorou nos últimos dias, conforme informações da família. Internado há um mês no Hospital da Lagoa, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o arqueiro de 42 anos que defendeu o Botafogo entre os anos de 2002 e 2007, foi submetido a testes neurológicos nesta terça-feira e não respondeu aos estímulos, segundo a esposa do ex-atleta, Marilda Faislon Luzia. Ainda de acordo com a mulher do ex-jogador, novos testes serão realizados nesta quarta-feira para saber se o ex-jogador, que respira por aparelhos, sofreu morte encefálica.

- O Max está internado no CTI do hospital da Lagoa. Está respirando por aparelhos. Ontem foram realizados testes neurológicos, mas ele não mostrou reação. Hoje eles irão realizar mais um teste para ver se houve morte encefálica. Eu estive com ele, mas é como se ele estivesse somente dormindo - disse Marilda Faislon 

Quadro de Max piora e ex-goleiro segue internado em estado grave
Quadro de Max piora e ex-goleiro segue internado em estado grave


Max foi internado no Hospital da Lagoa com edema cerebral 20 dias depois de sofrer um acidente em uma tentativa de assalto em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Apesar do episódio, a esposa do goleiro revela que a estado clínico de Max pode não ter relação direta com a batida.

- Os médicos ainda não têm um diagnóstico fechado do que ele tem. Acreditam que seja uma doença rara e autoimune, que o acidente acabou sendo coincidência. Mas ainda não dá para afirmar por ele não ter esse quadro fechado. Tudo que tentaram nele não deu certo, ele somente regrediu. Ele estava bem depois do acidente. Mas, 20 depois, começou a falar que estava com dor de cabeça e depois passou a ter confusão mental. Ele estava bem, brincando e tudo. Mas depois disso foi internado. Está há 30 dias assim - concluiu.

Fonte: Com informações do GE
logomarca do portal meionorte..com