Renato Gaúcho pede concentração total aos gremistas na final amanhã

Renato minimiza Roger no Galo e vê Grêmio pronto

Renato Gaúcho não quer falar de nada mais. Apenas da final da Copa do Brasil. Qualquer assunto paralelo à decisão não ganhou argumentos do treinador em sua última entrevista coletiva. Otimista e com pensamento apenas nos 90 minutos de jogo, o comandante vê sua equipe pronta para erguer a taça. 


"Falei para eles colocarem a cabeça no travesseiro e pensarem nas coisas boas que podem acontecer com o título, e vão acontecer. E se este título não vier, não podemos decepcionar nossa torcida. Depois da tragédia, não podemos deixar a torcida triste mais uma vez. Não vai faltar vontade, raça, entrega, determinação e sem medo de jogar, como foi no Mineirão. Vamos marcar, vamos jogar. Se chegamos aqui desta forma, não tem que mudar. Teremos 60 mil pessoas a nosso favor", disse Gaúcho.

Image title

Roger Machado, que foi técnico do Grêmio até o agosto deste ano, fechou com o rival Atlético-MG e não comandará o time na final, mas já conversou com o auxiliar sobre o duelo contra o Tricolor. Porém, a presença dele é minimizada por Portaluppi. 
 
"Quando eu cheguei ao Grêmio, eu liguei para o Roger. Foi meu auxiliar aqui, me dou bem com ele, fiquei feliz com a ida dele para o Atlético-MG. O Roger conhece bem o Grêmio, mas eu conheço o Grêmio muito melhor que o Roger. Nasci e me criei aqui", falou Renato.


Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com