mais

Resumão Paralimpíadas: Brasil alcança 6 medalhas e vence no vôlei sentado

Brasileiros conquistam uma prata e cinco bronzes em quatro modalidades e mantêm o país no top 10 do quadro de medalhas

O Brasil já alcançou mais seis medalhas no quarto dia das Paralimpíadas de Tóquio. Neste sábado (28), foram uma prata (Thalita Simplício) e dois bronzes (Cícero Nobre e Julyana da Silva). A natação brasileira chegou à sua 10ª medalha com um bronze no revezamento 4x100m livre misto. 

Além disso, o judô do Brasil foi ao pódio pela primeira vez no Japão com Lúcia Araújo. No tênis de mesa, Cátia Oliveira foi bronze e ainda teve Bruna Alexandre se garantindo na final.

Teve também uma vitória do Brasil sobre a China na estreia do vôlei sentado masculino. Teve estreia da bocha com duelo entre irmãos brasileiros. E teve uma derrota no goallball feminina diante da Turquia.

Resumão Paralimpíadas: Brasil alcança 6 medalhas e vence no vôlei sentado (Foto: Wander Roberto/ CPB)Resumão Paralimpíadas: Brasil alcança 6 medalhas e vence no vôlei sentado (Foto: Wander Roberto/ CPB)

 Três medalhas no atletismo

Depois de um show no primeiro dia do atletismo com quatro ouros e dois bronzes, o Brasil somou mais três medalhas neste sábado. Julyana da Silva abriu a contagem do dia com um bronze no lançamento do disco F57, para atletas que competem em cadeira, com direito a recorde das Américas (30,49m). Pouco depois Thalita Simplício fez a melhor marca da carreira (56s80) e foi prata nos 400m rasos T11, para corredoras cegas, atrás da chinesa Cuiqing Liu.

E a última medalha do dia foi um bronze de Cícero Nobre no lançamento do dardo F57. Ele entrou na competição como recordista mundial e bateu o recorde paralímpico, mas viu suas marcas serem superadas pelo iraniano Amanolah Papi e pelo azeri Hamed Heidari, novo campeão paralímpico e recordista mundial.

Bronze no tênis de mesa e final garantida

O Brasil já havia garantido duas medalhas no tênis de mesa. E uma delas vai ser ouro ou prata. Bruna Alexandre venceu a taiwanesa Shiaun Wen Tien por 3 sets a 1 na semifinal da classe 10 e vai pegar na final a australiana Qian Yang. A segunda medalha foi de bronze. Catia Oliveira perdeu da sul-coreana Su-Yeon Seo por 3 a 1 na semifinal da classe 1-2, e como não há disputa de terceiro lugar na modalidade, a brasileira ficou com o bronze.

Bronze na natação e recorde mundial

A natação manteve o Brasil no pódio no quarto dia de disputas, chegando a 10 medalhas. A única conquista do sábado na piscina foi o bronze do revezamento 4x100m livre misto S14, para nadadores com deficiência intelectual. O quarteto brasileiro foi formado por Ana Karolina Oliveira, Debora Carneiro, Felipe Vila Real e Gabriel Bandeira, que já havia conquistado um ouro e uma prata em Tóquio e ainda abriu a disputa com o recorde mundial dos 100m livre S14 - a prova individual não faz parte do programa dos Jogos.

Bronze no judô

Depois de um primeiro dia sem vitórias, o Brasil conquistou sua primeira medalha no judô no segundo dia da modalidade nos Jogos de Tóquio. Lúcia Araújo faturou o bronze na categoria até 57kg vencendo por ippon a russa Natalia Ovchinnikova na decisão da medalha. O judô nas Paralimpíadas é disputado entre pessoas com deficiência visual.

Vitória no vôlei sentado

Depois da vitória da seleção feminina, o Brasil estreou com vitória também entre os homens no vôlei sentado. O triunfo sobre a China por 3 sets a 1 colocou os brasileiros bem perto da classificação para a semifinal. Gilberto foi o destaque do jogo, com 27 pontos.

Resumão Paralimpíadas: Brasil alcança 6 medalhas e vence no vôlei sentado (Foto: Ale Cabral/ CPB)Resumão Paralimpíadas: Brasil alcança 6 medalhas e vence no vôlei sentado (Foto: Ale Cabral/ CPB)

Estreia da bocha

Uma das quatro modalidades que deram ouros para o Brasil na Rio 2016, a bocha estreou neste sábado com quatro vitórias e sete derrotas na fase de grupos das disputas individuais. Porta-bandeira do Brasil na abertura dos Jogos de Tóquio, Evelyn Oliveira venceu a sueca Maria Bjurstrom por 4 a 2 na classe BC3. José Carlos de Oliveira venceu o português Andre Ramos por 6 a 1 na classe BC1. Maciel Santos venceu o sul-coreano Yongjin Lee por 11 a 0 na classe BC2. E Eliseu Santos venceu seu irmão Marcelo Santos em um confronto brasileiro decidido no critério de desempate depois de um 3 a 3.

Derrota no goalball 

O Brasil foi superado pela Turquia no goalball feminino. As atuais campeãs paralímpicas venceram por 8 a 4. Agora as brasileiras precisam ao menos de um empate na última rodada contra o Egito para se classificarem para as quartas de final.

Primeiras vitórias no tênis

O Brasil conseguiu suas primeiras vitórias no tênis sobre cadeira de rodas em Tóquio. Na chave de simples feminina, Meirycoll Duval venceu a americana Shelby Baron por duplo 6/4 e avançou às oitavas de final. Ela vai encarar a japonesa Yui Kamiji. Na chave de duplas masculinas, Gustavo Carneiro Silva e Daniel Rodrigues superaram os australianos Martyn Dunn e Ben Weekes por 2 sets a 0 - parciais de 6/2 e 6/3. Nas oitavas de finais, eles pegam os belgas Joachim Gerard e Jef Vandorpe.

Fonte: Globo Esporte

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail