Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

River Plate vence Cerro Porteño na ida das quartas da Libertadores

Time argentino pode estar na final e pegar o classificado brasileiro.

Compartilhe
Google Whatsapp

O River Plate conquistou uma grande vitória nesta quinta-feira (22), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América. No Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, na Argentina, os Millonarios derrotaram o Cerro Porteño pelo placar de 2 a 0, levando um bom resultado para a partida de volta. Ignacio Fernández e Borré marcaram os gols. Informações da Gazeta Esportiva. 

O segundo jogo está marcado para a próxima quinta-feira (29), em Assunção, capital paraguaia, no Estádio General Pablo Rojas, às 19h15 (de Brasília). O River Plate pode perder por um gol de diferença ou até dois, caso marque também, por conta do critério do gol qualificado. Uma vitória do Ciclón por 2 a 0 levará a decisão para os pênaltis.

O vencedor do confronto enfrenta o classificado do duelo entre LDU e Boca Juniors nas semifinais da Libertadores. Na partida de ida, no Estádio Casa Blanca, em Quito, no Equador, os Xeneizes encaminharam a vaga com uma vitória por 3 a 0, deixando alta a possibilidade de haver um clássico argentino na próxima fase do torneio continental.

O jogo

O River Plate tirou o zero do placar com menos de dez minutos de partida. Aos dois, De La Cruz levou uma solada na canela de Larrivey. Dois minutos depois, o árbitro peruano Víctor Carrillo confirmou a penalidade com auxílio do VAR. E aos sete, Ignacio Fernández cobrou e converteu, colocando os Millonarios na frente.

Jofo foi decidio nos pênaltis. Foto: Juan Mabromata /AFP.

Com a vantagem, os donos da casa passaram a dominar as ações do jogo. Aos dez minutos, Suárez saiu na cara do goleiro Carrizo. Na hora de driblar o arqueiro, porém, esticou demais e ficou sem ângulo, desperdiçando a oportunidade. Borré, da entrada da área, e Palacios, que pegou mal na bola depois de receber na segunda trave, também poderiam ter ampliado o marcador.

Borré marcou o segundo gol do River Plate contra o Cerro Porteño (Foto: Juan Mabromata/AFP) .

Na volta do intervalo, o River novamente marcou cedo, mas o tento foi anulado. Suárez ganhou pela direita e cruzou de primeira para Ignacio Fernández, que emendou de primeira para o fundos das redes. Contudo, o VAR pegou um desvio no braço esquerdo do camisa 7 e invalidou o gol.

Aos 19 minutos, os argentinos conseguiram realmente marcar o segundo. Palacios recebeu na área, driblou Carrizo, mas foi derrubado pelo goleiro do Ciclón. Dessa vez, Borré foi para a cobrança e deslocou o arqueiro, fechando o placar no Monumental de Núñez.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×