Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

River Plate vence Cerro Porteño na ida das quartas da Libertadores

Time argentino pode estar na final e pegar o classificado brasileiro.

Compartilhe
Google Whatsapp

O River Plate conquistou uma grande vitória nesta quinta-feira (22), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América. No Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, na Argentina, os Millonarios derrotaram o Cerro Porteño pelo placar de 2 a 0, levando um bom resultado para a partida de volta. Ignacio Fernández e Borré marcaram os gols. Informações da Gazeta Esportiva. 

O segundo jogo está marcado para a próxima quinta-feira (29), em Assunção, capital paraguaia, no Estádio General Pablo Rojas, às 19h15 (de Brasília). O River Plate pode perder por um gol de diferença ou até dois, caso marque também, por conta do critério do gol qualificado. Uma vitória do Ciclón por 2 a 0 levará a decisão para os pênaltis.

O vencedor do confronto enfrenta o classificado do duelo entre LDU e Boca Juniors nas semifinais da Libertadores. Na partida de ida, no Estádio Casa Blanca, em Quito, no Equador, os Xeneizes encaminharam a vaga com uma vitória por 3 a 0, deixando alta a possibilidade de haver um clássico argentino na próxima fase do torneio continental.

O jogo

O River Plate tirou o zero do placar com menos de dez minutos de partida. Aos dois, De La Cruz levou uma solada na canela de Larrivey. Dois minutos depois, o árbitro peruano Víctor Carrillo confirmou a penalidade com auxílio do VAR. E aos sete, Ignacio Fernández cobrou e converteu, colocando os Millonarios na frente.

Jofo foi decidio nos pênaltis. Foto: Juan Mabromata /AFP.

Com a vantagem, os donos da casa passaram a dominar as ações do jogo. Aos dez minutos, Suárez saiu na cara do goleiro Carrizo. Na hora de driblar o arqueiro, porém, esticou demais e ficou sem ângulo, desperdiçando a oportunidade. Borré, da entrada da área, e Palacios, que pegou mal na bola depois de receber na segunda trave, também poderiam ter ampliado o marcador.

Borré marcou o segundo gol do River Plate contra o Cerro Porteño (Foto: Juan Mabromata/AFP) .

Na volta do intervalo, o River novamente marcou cedo, mas o tento foi anulado. Suárez ganhou pela direita e cruzou de primeira para Ignacio Fernández, que emendou de primeira para o fundos das redes. Contudo, o VAR pegou um desvio no braço esquerdo do camisa 7 e invalidou o gol.

Aos 19 minutos, os argentinos conseguiram realmente marcar o segundo. Palacios recebeu na área, driblou Carrizo, mas foi derrubado pelo goleiro do Ciclón. Dessa vez, Borré foi para a cobrança e deslocou o arqueiro, fechando o placar no Monumental de Núñez.


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se