Com um gol do atacante Róger Guedes, aos 43 minutos do segundo tempo, o Corinthians derrotou o Santos por 1 a 0, neste sábado, no clássico disputado no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Róger Guedes marcou gol da vitória do Corinthians Foto: Rodrigo Coca / Ag. CorinthiansRóger Guedes marcou gol da vitória do Corinthians Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

 O jogo foi marcado pelas expulsões do corintiano Yuri Alberto, ainda antes do intervalo, e de Lucas Barbosa, na segunda etapa.

Agora com 57 pontos, o Corinthians volta provisoriamente para o quarto lugar - pode ser ultrapassado neste domingo pelo Fluminense, que faz o clássico carioca contra o Botafogo. O resultado positivo serve de alento para a equipe que na última quarta-feira perdeu o título da Copa do Brasil para o Flamengo, no Maracanã, na disputa por pênaltis.

Já o Santos segue na 12ª colocação, com 43 pontos, e desperdiça a oportunidade de se aproximar da parte de cima da tabela de classificação, onde estão as vagas para a próxima edição da Copa Libertadores.

Pela 34ª rodada, as duas equipes jogarão no meio de semana. O Santos entrará em campo primeiro, nesta terça-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o Flamengo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. No dia seguinte, o Corinthians receberá o Fluminense, no mesmo horário, na Neo Química Arena, em São Paulo.

O jogo - O clássico começou com os times em rotações diferentes dentro de campo. O Santos mostrou mais disposição, bom toque de bola e rápidas investidas pelas pontas, especialmente a direita com Ângelo, que sempre cortava para dentro para criar as jogadas. Na melhor delas, aos 22 minutos, ele disparou em velocidade, tabelou com Marcos Leonardo e invadiu a área. Cássio chegou de carrinho e tirou para frente, mas a bola sobrou para Lucas Braga. O atacante bateu e Fausto Vera, quase em cima da linha, impediu o gol.

Do outro lado, o Corinthians parece que não entrou em campo na Vila Belmiro no primeiro tempo. Com a cabeça ainda na derrota na final da Copa do Brasil, o time começou o clássico muito disperso, sem tanta inspiração no ataque e também na defesa.

O setor defensivo, bastante mexido pelo técnico português Vítor Pereira por conta do desgaste físico, deu muitos espaços para o ataque santista. No ataque, nada de produtivo do trio Gustavo Silva/Róger Guedes/Yuri Alberto. E para piorar, o centroavante mostrou muito nervosismo ao ponto de receber um cartão amarelo, aos 35 minutos, por uma "tesoura" no volante Rodrigo Fernández, e o vermelho pouco tempo depois, aos 42, ao deixar o braço aberto no rosto do zagueiro Luiz Felipe. 

Para o segundo tempo, Vítor Pereira fez quatro alterações de uma vez e reforçou o setor defensivo. O Santos, querendo aproveitar o fato de ter um jogador a mais, voltou com Lucas Barbosa no lugar de Rodrigo Fernández para ter mais criatividade no ataque, mas o meia estragou os planos do interino Orlando Ribeiro ao receber dois cartões amarelos em um intervalo de 10 minutos e ser expulso.

Com os times em igualdade numérica novamente, quem se deu melhor foi o Corinthians. Com jogadores mais descansados no meio de campo - casos de Ramiro, Du Queiroz e Roni, que entraram no intervalo -, o Timão passou a tocar mais a bola e até criou algumas chances perigosas com Gustavo Silva e Róger Guedes.

Com o Santos muito apático depois da expulsão de Lucas Barbosa, a recompensa para o Corinthians veio em um rápido contra-ataque pela esquerda. Aos 43 minutos, Róger Guedes recebeu de Roni e avançou desde o meio de campo, em diagonal, para a área. Perto da pequena área, deu um biquinho na bola, que passou entre as pernas do goleiro João Paulo e entrou no canto esquerdo. Vitória corintiana. 

FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 x 1 CORINTHIANS

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 22 de outubro de 2022 (sábado)

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Renda: R$ 552.532,50

Público: 12.872 torcedores

Cartões amarelos: Lucas Braga (Santos); Cássio, Balbuena e Fausto Vera (Corinthians)

Cartões vermelhos: Lucas Barbosa (Santos); Yuri Alberto (Corinthians)

Gol:

CORINTHIANS: Róger Guedes (aos 43min do 2º tempo) 

SANTOS: João Paulo; Madson (Auro), Luiz Felipe (Derick), Alex e Felipe Jonatan; Rodrigo Fernández (Lucas Barbosa), Camacho e Ed Carlos (Sandry); Ângelo (Miguelito), Marcos Leonardo e Lucas Braga

Técnico: Orlando Ribeiro (interino)

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Bruno Méndez), Robert Renan, Balbuena e Lucas Piton; Fausto Vera (Du Queiroz), Maycon (Ramiro) e Giuliano (Roni); Gustavo Silva (Mateus Vital), Róger Guedes e Yuri Alberto

Técnico: Vítor Pereira