Santos cobra Barcelona por amistoso não realizado

Clube brasileiro pede compensação por segunda partida

Além de notificar o PSG e exigir o pagamento da indenização por ter sido um dos formadores de Neymar, o Santos também enviou correspondência ao Barcelona para cobrar o pagamento de € 4,5 milhões (cerca de R$ 17 milhões) como compensação pela não realização de um amistoso previsto em contrato assinado na época da saída do atacante da Vila Belmiro, há quatro anos.

O acordo determinava a disputa de dois jogos entre as equipes, um na Espanha, outro no Brasil. O primeiro foi feito logo após a concretização da venda de Neymar ao Barcelona, em agosto de 2013, quando o Santos foi goleado por 8 a 0 no Camp Nou. O segundo deveria acontecer durante o vínculo do atleta com os catalães.

Neymar em sua apresentação no PSG nesta sexta (Crédito: Reprodução)
Neymar em sua apresentação no PSG nesta sexta (Crédito: Reprodução)

Como Neymar deixou o Barcelona, o Santos entende ter direito a receber o dinheiro. O clube espanhol ainda não respondeu à carta enviada pela diretoria alvinegra.

Além destes R$ 17 milhões, os brasileiros ainda devem receber aproximadamente R$ 33 milhões do PSG por ter sido a casa de Neymar entre os 12 e os 21 anos. A indenização faz parte do mecanismo de solidariedade da Fifa, que distribui até 5% do valor de uma transferência aos clubes formadores de um atleta.

Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com