Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Santos vence Ituano por 1 a 0, segue invicto e mantém liderança do Paulista

Com a vitória, o Santos chega aos mesmos dez pontos da Ponte Preta

Santos vence Ituano por 1 a 0, segue invicto e mantém liderança do Paulista
Recém-contratado, Cícero fez seu terceiro gol com a camisa do Santos | Miguel Schincariol / Agência Lance
Compartilhe

Após um empate no sufoco contra o Bragantino, o Santos voltou a convencer no Campeonato Paulista. Mesmo fora de casa, o líder da competição dominou o jogo e bateu o Ituano por 1 a 0, com outro gol de Cícero. A partida ainda foi marcada por uma incidente com Neymar, que acusou o técnico adversário de racismo, o que foi negado por Roberto Fonseca.

Com a vitória, o Santos chega aos mesmos dez pontos da Ponte Preta, mas está na liderança do Paulista por causa do saldo de gols. No próximo jogo o time da Vila Belmiro terá o clássico contra o São Paulo. Já o Ituano está com dois pontos, fica próximo da zona de rebaixamento e buscará recuperação contra o Mirassol, no sábado.

O Santos foi para o jogo com uma escalação mais ousada. Sem o lesionado Arouca, Muricy optou por escalar Miralles e fez o time jogar no 4-3-3. Além disso, Renê Junior deu lugar a Adriano, também por lesão. Com tantas mudanças, o time da Vila Belmiro teve dificuldades para se adaptar e criou pouco. Uma das poucas chances de gol só veio aos 18min, quando Neymar cobrou falta com perigo, defendida pelo goleiro Anderson.

Com o Ituano pouco criativo, o primeiro tempo teve pouca emoção e só foi agitado por uma polêmica. Neymar discutiu com o treinador do Ituano, Roberto Fonseca, alegando ter sido chamado de "macaco". Ele chegou a reclamar de racismo para o quarto árbitro da partida, mas o técnico se defendeu na saída para o vestiário: "ele ouviu errado, eu chamei ele de "cai-cai", argumentou.

Mas no segundo tempo o Santos esqueceu a polêmica e resolveu jogar futebol. Já aos 3min, Cícero acertou um chute cheio de efeito, de fora da área, e marcou seu terceiro gol pelo time. Apenas cinco minutos depois, a vantagem poderia ter sido ampliada, já que Miralles chutou sem goleiro, mas acertou um zagueiro do Ituano.

No final do segundo tempo Neymar voltou a ser protagonista da partida. Primeiro ele fez uma bonita jogada e tentou marcar por cobertura, mas a bola acertou o travessão. Depois, aos 41min, ele sofreu um carrinho de Leandro Silva, que acabou expulso do jogo. Com um a mais, o Santos administrou sem problemas mais uma vitória no Campeonato Paulista.

Ficha técnica

ITUANO 0 x 1 SANTOS

Gol

SANTOS: Cícero, aos 3min do segundo tempo

ITUANO: Anderson; Leandro Silva, Cléber, Vitor Hugo e Patrick; Marcinho Guerreiro, Luciano (Kleiton Domingues), Cambará e Fernando Gabriel; Marcão (Adaílton) e Michel (Tiago Bezerra)

Treinador: Roberto Fonseca

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Jubal, Durval e Guilherme Santos; Adriano, Cícero e Montillo (Pinga); Miralles, André (Felipe Anderson) e Neymar

Treinador: Muricy Ramalho

Cartões amarelos

SANTOS: Durval

Árbitro

Leonardo Ferreira Lima

Local

Estádio Novelli Junior, em Itu (SP)


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar