O técnico Tite divulga nesta sexta, às 11h, a lista de convocados para as últimas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas. Além de Gabigol e Everton Ribeiro - figuras constantes nos últimos compromissos do Brasil -, tem mais um atleta do Flamengo na expectativa de ser chamado para os jogos contra Chile e Bolívia, em 24 e 29 de março. Trata-se de Pedro, alvo de desejo do Palmeiras.

A Seleção Brasileira e a Copa do Mundo, inclusive, estão no centro da "novela" envolvendo Pedro, cuja saída não está em aberto para o Flamengo: "ele fica".

O atacante Pedro durante atividade do Flamengo nesta quinta-feira, no Ninho (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)O atacante Pedro durante atividade do Flamengo nesta quinta-feira, no Ninho (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Bem avaliado no Ninho do Urubu, Pedro ouviu de Paulo Sousa que receberia oportunidades sob o seu comando e, neste início de trabalho, tem sido assim. O atacante foi utilizado em quase 80% dos jogos do Flamengo na temporada. 

A concorrência no setor ofensivo segue forte no time, e o desejo por mais minutos, tendo a Copa do Mundo do Catar como uma meta no horizonte, acompanha Pedro das temporadas passadas. Dentro deste contexto, Tite foi questionado se o fato do camisa 21 ser reserva no Flamengo teria algum impacto na decisão de convocá-lo (ou não), mas preferiu não responder, afirmando que existe um limite ético a ser respeitado pelo técnico do Brasil.

- Tem esse potencial (de ser convocado). Temos "camisas 9" com características diferentes. (O Pedro) é um 9 de pivô, não o de transição em velocidade, mas contra um adversário que marca baixo, ele tem essas virtudes. De proteção, de uma tabela curta, de preparação da jogada. É um "9" específico, fincado, atacante que não sai muito da área, esse jogador é o Pedro. Os demais são de atacar espaço. Gabriel Barbosa, Firmino, Matheus Cunha - afirmou o treinador.

Com informações Lance!