Seleção é multada por gritos homofóbicos da torcida em partida

Caso aconteceu no jogo contra o Equador, em agosto

A Fifa multou a seleção brasileira em 10 mil francos suíços (R$ 32,4 mil) por conta de gritos homofóbicos registrados no jogo contra o Equador, realizado em agosto deste ano, em Porto Alegre, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. A punição foi divulgada nesta segunda-feira (02). 

Na partida, que o Brasil venceu por 2 a 0, os torcedores chamaram de “bicha" o goleiro equatoriano Maximo Banguera durante a execução dos tiros de meta. A Argentina também foi punida pelo mesmo problema, registrado nos jogos contra Venezuela e Uruguai, e terá que desembolsar cerca de R$ 211 mil em multas. 

 (Crédito: Reprodução )
(Crédito: Reprodução )


Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com