Técnico da Itália considera normal disputar vaga na repescagem

A seleção sofreu uma goleada da Espanha.

A necessidade de disputar a repescagem parece fato consumado para o técnico da seleção italiana, Gian Piero Ventura. Após a vitória por 1 a 0 sobre Israel, em casa, o treinador classificou como normal que os tetracampeões do mundo não consigam uma vaga direta para a Copa da Rússia. Para ele, o natural sempre foi que os espanhóis, que também estão no Grupo G, conquistassem a única vaga.

— No dia em que saiu o calendário (das eliminatórias europeias), todos já diziam (que a Itália passaria pela repescagem). Parece até que é uma surpresa. Mas se tivéssemos vencido a Espanha é que teríamos mudado a normalidade — afirmou o técnico, que procurou minimizar as críticas sofridas nos últimos dias:

— Se quer ser uma equipe não deve prestar atenção nas vaias.

Apesar da vitória sobre os israelenses, os italianos não conseguiram diminuir a distância de três pontos para os espanhóis. Nesta terça, os líderes do Grupo G, com 22 pontos, atropelaram Liechtenstein por 8 a 0 e ficaram a uma vitória da vaga.

Nas duas últimas rodadas, em outubro, a Itália enfrentará Macedônia (dia 6, em casa) e Albânia (dia 9, fora). Já os espanhóis receberão a Albânia, no dia 6, e encerrarão a participação contra Israel, no dia 9.

 (Crédito: ALBERTO LINGRIA / REUTERS)
(Crédito: ALBERTO LINGRIA / REUTERS)


Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com