Técnico diz que Peru vai à Copa para competir e não só participar

Pelo menos é o que promete o técnico da equipe.

A seleção do Peru, que se classificou para a Copa do Mundo após 36 anos, deve entrar com objetivo de competir contra qualquer rival que enfrentar no torneio do ano que vem. Pelo menos é o que promete o técnico da equipe, Ricardo Gareca.

“Não vamos apenas participar, vamos para competir. Nós podemos ser uma seleção competitiva”, garantiu o treinador em entrevista à rádio peruana RPP.

Gareca está confiante que poderá contar com o atacante Paolo Guerrero para a Copa do Mundo. O jogador recebeu uma suspensão provisória de 30 dias pela Fifa após testar positivo para uma substância proibida.

“Meu desejo é que este assunto se resolva de maneira favorável para ele e que isso tenha sido apenas um acidente ou mal-entendido”, comentou Gareca.

O técnico explicou que está afinando detalhes com membros de seus comando técnico e dirigente da Federação Peruana de Futebol para começar a preparação para a Copa. O Peru se classificou após vencer a Nova Zelândia por 2 a 0 no segundo jogo da repescagem em casa. A primeira partida, na casa dos adversários, tinha terminada empatada em 0 a 0.


Fonte: Com informações do Jornal Extra
logomarca do portal meionorte..com