Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Tempo e distância não afastam Gabriel Jesus do Palmeiras: "carinho"

Atacante do Manchester City mantém vínculos com o clube mais de três anos após saída

Compartilhe

Em dezembro de 2016, Gabriel Jesus se despediu do Palmeiras com um discurso emocionado para os torcedores, durante a comemoração do título brasileiro daquela temporada. Mais de três anos depois, o atacante, hoje no Manchester City, diz ainda manter uma relação de carinho com o clube. Com informações do GE.

Na Inglaterra, Gabriel Jesus acompanha o Verdão sempre que pode. Nas passagens pelo Brasil, já assistiu a jogos na arena, visitou o clube e até treinou na Academia de Futebol.

– Nunca escondi que minha relação com o Palmeiras e torcida era de muito carinho. Acho que é boa até hoje. Apesar de estar jogando na Inglaterra, até hoje sinto nas redes sociais o carinho que o torcedor palmeirense tem por mim. Vi que fui eleito para uma seleção da década pelos torcedores e falei que teria sido uma honra jogar nesse time. E é recíproco, tenho muito carinho pelo clube e pelo torcedor – disse o atacante, por intermédio de sua assessoria de imprensa.

– O carinho e o respeito pela instituição sempre vão permanecer comigo. É onde iniciei minha trajetória, então guardo ótimas lembranças e bons amigos. Sempre que posso, vou ao clube, visito esses amigos, – completou.

Em 2014, ainda promessa do time sub-17, Gabriel Jesus bateu recorde de gols marcados no Campeonato Paulista da categoria – ele fez 37 no torneio estadual. No ano seguinte, foi promovido ao elenco profissional por Oswaldo de Oliveira e terminou aquele ano titular do time campeão da Copa do Brasil, sob o comando de Marcelo Oliveira.

O título brasileiro, meses depois do ouro olímpico, veio como peça de destaque na equipe de Cuca.

Gabriel Jesus ao lado de Dudu e Cuca na Academia, em 2016 — Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras 

– Acho que cada pessoa que passa na sua carreira pode ensinar algo novo, mostrar algo diferente. O Cuca foi muito importante, como foram também Oswaldo, Marcelo, Alberto Valentim, Micale. Todos me fizeram evoluir, e é assim até hoje com o Guardiola no City e com o Tite na Seleção. Cada um tem o seu jeito e o modo de ver o jogo. Você se adapta e tira um pouco de cada um para crescer – afirmou.

Gabriel Jesus manteve a rotina de títulos e passou a colecionar conquistas como atleta do Manchester City, comandado pelo espanhol Pep Guardiola.

Em sua sexta temporada como profissional, o atleta soma 12 conquistas. Além dos troféus com o Palmeiras e com a seleção brasileira (ouro olímpico e Copa América), ele ganhou duas vezes o Campeonato Inglês, duas vezes a Supercopa da Inglaterra, uma vez a Copa da Inglaterra e três vezes a Copa da Liga da Inglaterra.

Algum segredo para tantos títulos em tão pouco tempo de carreira? Alguma chance de voltar a ser campeão pelo Palmeiras no futuro? O atacante respondeu:

– Cara, não sei. Sou muito abençoado, sempre falo isso. Sempre joguei do lado de grandes jogadores, times fortes, e os títulos vieram naturalmente por causa disso. Sobre ser campeão no Palmeiras no futuro, não dá pra dizer, né? Estou no City, sou muito feliz pelo clube e o futuro a Deus pertence.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar