Torcedores do Botafogo arrombam portão e invadem treino do time

Os torcedores, no entanto, não tiveram contato com os jogadores

Um grupo de aproximadamente 30 torcedores do Botafogo arrombou um dos portões do estádio Nilton Santos e invadiram o treino fechado que o time realizava no local na manhã deste sábado. Eles chegaram a acessar o gramado, mas não tiveram contato com os jogadores. 

O protesto teve início por volta de 10h30. O carro de um jogador chegou a ser chutado no momento que passava pelos torcedores, que depois invadiriam o estádio através do portão localizado na Rua das Oficinas. A polícia foi chamada e passou a reforçar a segurança após o ocorrido.

Torcida do Botafogo na derrota para o Atlético-GO no Nilton Santos (Crédito: Botafogo)
Torcida do Botafogo na derrota para o Atlético-GO no Nilton Santos (Crédito: Botafogo)

Na sexta-feira, dia seguinte à derrota para o Atlético-GO, lanterna do Campeonato Brasileiro, no próprio Nilton Santos, torcedores já haviam protestado, com direito a uma faixa escrita “Libertadores é obrigação” – o time está atualmente na sexta colocação, ainda se classificando.

Um dos principais alvos da revolta foi o meio-campista Bruno Silva, que já havia se envolvido em polêmica na quinta, dia do jogo, quando sinalizou que estava de saída do Botafogo após ser vaiado ao ser substituído – na sexta, ele se desculpou e atribuiu à cabeça quente o fato.

Sexto colocado do Brasileiro, com 51 pontos, o Botafogo enfrenta o São Paulo neste domingo, às 17h (horário de Brasília), no Pacaembu, pela 36ª rodada. Os rivais seguintes da equipe, fechando a temporada, serão contra Palmeiras (também como visitante) e Cruzeiro (em casa).

Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com