Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Torcida organizada do River-PI é suspensa de estádios por 120 dias

A decisão foi dada nesta terça-feira (11) em decorrência das cenas de pancadaria e violência após o jogo do último domingo (09), pela Copa do Nordeste no estádio Albertão.

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

A torcida organizada do River, conhecida como ‘Esporão do Galo’ e seu presidente, Fábio da Silva Santos, foram suspensos pela justiça por 120 dias de qualquer evento esportivo de futebol.  A decisão foi dada nesta terça-feira (11) em decorrência das cenas de pancadaria e violência após o jogo do último domingo (09), pela Copa do Nordeste no estádio Albertão. 

De acordo com a resolução, o descumprimento do ato acarretará uma multa no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), além de outras medidas cabíveis, inclusive penalidades criminais. Em relação aos demais torcedores que comparecerem aos eventos, deve ser adotado todas as medidas cabíveis à segurança dos mesmos pelas polícias competentes, com a devida ciência do Ministério Público. 

Torcida organizada Esporão do Galo (Reprodução/Facebook)

Veja a decisão na íntegra

Vale ressaltar que a decisão é de caráter imediato, tendo em vista que o Estado se encontra em iminência a ocorrência de eventos esportivos futebolísticos de grande porte. O processo ainda ressalta que a torcida organizada já foi notificada em outras vezes pela justiça devido a ‘prática de atos atentatórios à ordem pública, o que fora descumprido deliberadamente’, segundo trecho do documento.

River-PI repudiou os atos de ‘selvageria’

O River Atlético Clube divulgou nesta segunda (10), uma nota oficial em pronunciamento sobre as cenas de pancadaria e violência que aconteceu no fim do jogo pela Copa do Nordeste neste domingo (09), em que o clube piauiense perdeu por 3 a 2 para o América-RN, no Estádio Albertão. 


No comunicado, o clube disse repudiar o acontecido, dentro e fora das dependências do estádio.  Imagens gravadas por pessoas em pânico mostram o momento em que torcedores se agridem com socos, chutes e barras de ferro no setor de cadeiras. “O River, como peça fundamental do jogo de futebol que foi utilizado como desculpa para atos injustificáveis, exige apuração dos fatos e possíveis punições àqueles que diretamente participaram dos momentos anti-desportistas deste domingo (09)”, destaca trecho da nota. 






Ver essa foto no Instagram









O River Atlético Clube, ainda entristecido pelos atos de violência que ocorreram no estádio Albertão na partida entre River e America-RN, pela Copa do Nordeste, no último domingo (09), vem a público repudiar as cenas de selvageria vistas dentro e fora das dependências do Albertão. ⁣ ⁣ O River Atlético Clube entende que um jogo de futebol é palco para emoções, sejam alegres ou tristes, mas que fiquem somente no âmbito esportivo, sem imprimir riscos à nenhum torcedor. ⁣ ⁣ O River, como peça fundamental do jogo de futebol que foi utilizado como desculpa para atos injustificáveis, exige apuração dos fatos e possíveis punições àqueles que diretamente participaram dos momentos anti-desportistas deste domingo (09).⁣ ⁣ Por fim, pedimos sinceras desculpas aos torcedores riverinos de verdade que estiveram no estádio Albertão para apoiar o Galo nesta partida importante. Continuamos contando com o seu apoio e, para isso, iremos buscar soluções para deixar a ida ao estádio um programa mais seguro e confortável.

Uma publicação compartilhada por  River Atlético Clube - Oficial (@riveracoficial) em






Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar