Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Troféu Brasil de Natação começa dia 9 de dezembro

Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos divulga protocolos de saúde para único torneio presencial do ano

Troféu Brasil de Natação começa dia 9 de dezembro
Troféu Brasil de Natação será transmitido pela internet | Alexandre Castello Branco/COB
Compartilhe

Troféu Brasil de Natação será transmitido pela internet (Foto: Alexandre Castello Branco/COB)

O Troféu Brasil de Natação, que vai acontecer entre os dias 9 e 12 de dezembro, no Club de Regatas Vasco da Gama, no Rio de Janeiro, será a única competição presencial do calendário nacional de Natação. Nesta quinta-feira (26), o departamento médico da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) divulgou os protocolos que serão seguidos no torneio. A competição reunirá os principais atletas do Brasil e será seletiva para o Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos marcado para 2021. O Troféu Brasil será transmitido ao vivo pela TV CBDA/TV NSports. 

Entre as orientações, está a obrigatoriedade de um exame PCR negativo ou IgG+ 72 horas antes da viagem a todos os envolvidos com a competição. 

“Fizemos um protocolo muito seguro que visa a saúde e segurança dos atletas e comissão técnica. Todos que vão para o Rio de Janeiro devem apresentar um teste negativo e, chegando lá, tanto nos hotéis, como no local da competição teremos todos os cuidados de higiene e distanciamento social. Inclusive separando horários de entrada de atletas que competirão na etapa daqueles que irão apenas treinar”, disse o médico da CBDA, Rodrigo Brochetto.

O Troféu Brasil terá, no máximo, 350 pessoas envolvidas em toda a competição. O objetivo é limitar ao máximo todo o acesso e controle de todas as equipes e evitar que haja um fluxo ainda maior de pessoas dentro do Vasco da Gama.

“A segurança dos atletas, staff e demais envolvidos é a prioridade número um da CBDA. Para isso, estamos seguindo os protocolos de segurança desenvolvidos pela nossa junta medica, que tem larga experiência nas áreas de treinamentos e eventos competitivos. Fazer por fazer não é nossa intenção. Estamos fazendo, pois é um clamor da comunidade aquática, mas, ao mesmo tempo, estamos realizando essa competição presencial, pois sabemos que os protocolos que desenvolvemos são bastante seguros e irão reduzir drasticamente a possibilidade de contágio”, falou o diretor de Natação da CBDA, Eduardo Fischer. (Fonte: CBDA)



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar