Valencia aceita oferta e anuncia Diego Alves no Flamengo

Clube brasileiro ainda não confirmou o negocio

A oportunidade de mercado que o Flamengo queria para fechar mais um nome de peso se ofereceu, e o clube está perto de anunciar a contratação do goleiro Diego Alves, de 32 anos. Em operação na qual a vontade do jogador foi fundamental, o Valencia aceitou a proposta do Rubro-Negro. Agora, o jogador fará exames médicos antes de assinar com o novo clube.

A diretoria do Flamengo ainda não confirma a contratação - até porque o contrato ainda não está assinado - e só deve falar do assunto depois do jogo contra o Cruzeiro, neste domingo, às 16h, no Mineirão. Mas o próprio Valencia publicou neste domingo um comunicado oficial: "O Valencia FC fechou neste domingo um acordo com o CR Flamengo para a transferência definitiva dos direitos do goleiro Diego Alves para o clube brasileiro".

Os clubes não confirmam valores, mas o Flamengo acertou pagamento de 300 mil euros (pouco mais de R$ 1 milhão), parceladamente, ao Valencia. Diego vai assinar contrato de três anos com o Rubro-Negro carioca. No Rubro-Negro, entre salários e direitos de imagem, o goleiro vai receber cerca de R$ 500 mil mensais.

Diego Alves (Crédito: Reprodução)
Diego Alves (Crédito: Reprodução)

O jogador quer ir para a Copa do Mundo e acredita que o Rubro-Negro será uma boa vitrine para a seleção brasileira. Ele está treinando em Ribeirão Preto e viaja ao Rio de Janeiro nos próximos dias.

Quando chegar ao Flamengo, Diego Alves poderá disputar a Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro, mas não a Copa do Brasil. O prazo de inscrições para a competição mata-mata terminou no início do ano.

Carreira

Formado na base do Botafogo de Ribeirão Preto, profissioanalizou-se com a camisa do Atlético-MG, em 2004, aos 19 anos. Lá, disputou posição com Bruno, ídolo rubro-negro entre 2006 e 2010, e ganhou notoridade nacional.

Conquistou o Campeonato Mineiro de 2007, competição na qual foi eleito o melhor goleiro. O bom rendimento rendeu a ele sua inclusão na pré-lista de Dunga para a Copa América daquele ano. Ainda nesta temporada, transferiu-se para o espanhol Almería.

Na Espanha, sobretudo com a camisa do Valencia, explodiu no cenário internacional. Desde que chegou à Europa, pegou 25 pênaltis em 52 dos que bateram contra sua meta. Cristiano Ronaldo, três vezes, e Messi, pararam nele em penalidades. A partir da chegada ao futebol espanhol.



Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com