Vasco tem como destaque bola parada em 2017 e é arma contra Rezende

O time cruzmaltino vai jogar contra o Rezende às 17h deste domingo

Dos sete gols marcados pelo Vasco em 2017, seis foram oriundos de bola parada. Trunfo importante já no ano passado, o fundamento é a arma cruzmaltina para o confronto deste domingo (05), contra o Resende, às 17h, em São Januário, pelo Campeonato Carioca.

Até aqui, foram três gols vindos de escanteio, um de pênalti, um de falta e outro após cobrança de lateral. De acordo com o técnico Cristóvão Borges, a bola parada é constantemente treinada no dia a dia.


"Trabalhamos bastante porque temos qualidade para isso. A bola do Nenê é muito boa e perigosa. A gente está trabalhando bastante. Trabalhamos três vezes por semana só isso. E tem surtido efeito. Tem decidido jogos", declarou.

O único gol com bola rolando nesta temporada aconteceu na derrota por 4 a 1 para o Corinthians, pela Florida Cup, em bela jogada individual do atacante Eder Luis.

Para a partida deste domingo, Cristóvão deverá manter a equipe que venceu o Bangu por 3 a 1 na última quinta-feira. Com isso, o treinador efetiva, definitivamente, o jovem meia Guilherme Costa entre os titulares.

O goleiro Martín Silva, que estava lesionado e desfalcou o time durante a semana, tem chances de retornar à equipe.

O Vasco está na vice-liderança do Grupo B da Taça Guanabara com três pontos. O líder é o Fluminense, com seis.

Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com