Vettel supera Hamilton e vence segunda no ano; Massa fica em 6º

Vettel vence disputa com Hamilton e assume liderança do campeonato

Sebatian Vettel aproveitou todas as oportunidades que teve, não deu chances para Lewis Hamilton, e venceu o GP do Bahrein, a terceira corrida da temporada 2017 de Fórmula 1. A prova, realizada neste domingo de Páscoa, começou melhor para o alemão desde a largada, quando ultrapassou o britânico da Mercedes para assumir a segunda colocação. Depois, adotando uma estratégia inteligente e contando com uma punição do tricampeão, Vettel rumou tranquilo para a segunda vitória no ano, se isolando na liderança do Mundial de Pilotos. Após pagar a penalização, Lewis bem que tentou ir à caça do rival, mas o melhor que conseguiu foi o segundo lugar, com o companheiro Valtteri Bottas em terceiro. Felipe Massa, que largou em oitavo e chegou a ser quarto, terminou a prova em sexto.

Com o triunfo, Vettel chegou à 44ª vitória na carreira, sendo a quinta pela escuderia italiana. O resultado também fez com que o alemão pulasse para a ponta da tabela do campeonato, com 68 pontos, contra 61 do britânico. A Ferrari também superou a Mercedes no Mundial de Construtores, por apenas um ponto (102 contra 99).

A corrida foi decidida com a entrada do safety car, após um incidente envolvendo Lance Stroll e Carlos Sainz, que bateram na primeira curva do Circuito de Sakhir. Com o carro de segurança na pista, diversos pilotos foram para os boxes. Como as Mercedes rumaram juntas para o pit, Hamilton precisou dar uma "segurada" no ritmo para dar tempo de o time trocar os pneus de Bottas e se reorganizar para receber o britânico. Ao fazer isso, no entanto, acabou atrapalhando Daniel Ricciardo e foi punido com 5s pela direção de prova. A penalização acabou com as chances do britânico de alcançar Vettel, que terminou a prova a quase 7s do rival.

Felipe Massa largou muito bem, ganhou duas posições e pulou para o sexto lugar, superando Ricciardo e Raikkonen. O piloto chegou a ser quarto e protagonizou uma bela briga com o finlandês da Ferrari. Conforme seus pneus foram sofrendo com o desgaste do abrasivo asfalto de Sakhir, Felipe começou a perder rendimento e posições, terminando a corrida na sexta colocação.

A Fórmula 1 retorna daqui a duas semanas, em Sochi, para o GP da Rússia. O primeiro treino livre será realizado às 5h (horário de Brasília) do dia 28 de abril.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do Globoesporte.com