Villarreal diz que árbitro saiu do jogo com presentes do Real

Juiz teria ganhado produtos de merchandising

O presidente do Villarreal, Fernando Roig, detonou a atuação do árbitro Gil Manzano durante a polêmica derrota de seu time para o Real Madrid, por 3 a 2, no último domingo, pelo Campeonato Espanhol.

Além disso, o dirigente reclamou do fato de Manzano e seus auxiliares terem deixado o estádio do "Submarino Amarelo" com sacolas com o emblema do time merengue.

"Os árbitos saíram do estádio com bolsas do Madrid, e isso não está nada bem", bradou.

O Comitê de Árbitros da Espanha, por sua vez, defendeu Manzano e disse que é prática comum o Real Madrid entregar bolsas com brindes para os juízes.

Gil Manzano (Crédito: Reprodução)
Gil Manzano (Crédito: Reprodução)

"São produtos de merchandising sem nenhum valor material, como chaveiros, pins e canetas do Real Madrid", explicou a entidade, em nota.

O Comitê ainda se referiu à prática como "algo habitual no mundo do futebol".

De acordo com o jornal Marca, o Real Madrid sempre faz alguns agrados aos árbitros. Após partidas no estádio Santiago Bernabéu, por exemplo, os juízes ganham uma camisa com a inscrição da partida que acabaram de trabalhar.

O diário ainda disse que os merengues ainda costumam entregar bolsas de presentes até para jogadores do time adversário. O veículo até postou uma foto de Jurado, do Espanyol, com uma bolsa com o emblema do Real Madrid após jogo contra os blancos no Bernabéu.

A suada vitória do clube da capital contra o Villarreal manteve os comandados de Zinedine Zidane na liderança da tabela, com 55 pontos contra 54 do Barcelona - o Real, no entanto, ainda tem um jogo a menos do que os blaugranas, contra o Celta de Vigo.

O líder volta a campo nesta quarta, contra o Las Palmas, às 17h30 (de Brasília).

Fonte: Com informações da Espn