Zagueiro é assassinado a tiros em São Paulo durante as férias

Motivação do crime ainda não foi identificada

Alan Júnior Pereira Alves foi morto nesta última sexta-feira (12), em Praia Grande, município da Baixada Santista, litoral de São Paulo. O jogador de futebol iniciou a carreira no Atlético Sorocaba, mas teve passagem pelo Vasco. Atualmente defendia o Club Deportivo y Social Santa Rita, do Equador, e passava férias em sua cidade de origem.

De acordo com informações do jornal A Tribuna, o jogador estava conversando com um amigo na rua, identificado como Mafaldo Alexandre Pereira. Os dois foram surpreendidos por uma dupla que passou de moto e atirou contra ambos. Alan Alves não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Já seu colega, foi encaminhado ao Pronto-Socorro do Quietude e encontra-se em estado grave.

Alan Júnior Pereira Alves (Crédito: Reprodução)
Alan Júnior Pereira Alves (Crédito: Reprodução)

Segundo uma fonte à publicação, Alan estava em Praia Grande desde dezembro e tinha vindo ao Brasil para passar as férias com a família. Ele retornaria ao Equador na sexta, mas havia mudado sua passagem um dia depois. "Não sei nem o que falar. Ele era um ídolo dos moradores daqui, um menino exemplar. Nunca foi envolvido com drogas e não tinha inimigos. Acredito que ele estava no lugar errado e na hora errada", disse.

A causa do assassinato ainda não foi identificada e as autoridades irão apurar o caso. Aos 26 anos de idade, o atleta também teve passagem pela Portuguesa do Rio de Janeiro, Sines de Portugal, Comercial, Arapongas e Goytacaz.

Fonte: Com informações do IG
logomarca do portal meionorte..com