Zagueiro reivindica ser titular por WhatsApp e acaba dispensado

Airton pressionou a diretoria e a comissão por um lugar no time

Um fato inusitado tomou conta de Sorocaba nos últimos dias. O zagueiro Airton, um dos reforços do São Bento para o Campeonato Paulista do próximo ano, foi dispensado após reivindicar um lugar na equipe titular.



O jogador, de 26 anos, fez o pedido através de mensagens no aplicativo WhatsApp destinadas à comissão técnica e diretoria, que recusaram o pedido e dispensaram o defensor de imediato.

Em entrevista, o técnico Paulo Roberto Santos contou que o jogador pediu uma nova oportunidade na equipe do interior no próximo ano, mesmo sem ter agradado nesta temporada.

Zagueiro Airton
Zagueiro Airton
"Resolvemos trazer o atleta de volta por um pedido do seu empresário. Mas ao chegar no clube, ele se deparou com o João Paulo e o Pitty (zagueiros titulares do Paulistão deste ano). Ele ficou desconfortável", disse.

"Fomos viajar e ele deixou um recado no Whatsapp do meu auxiliar-técnico, falando que se soubesse que os os outros dois (João Paulo e Pitty) voltariam, ele não retornaria ao clube. O empresário dele ficava pressionando a diretoria para que ele fosse titular", complementou.

Paulo Roberto ainda criticou os empresários que estão no meio do futebol. "O que aconteceu é o que ocorre muito no futebol brasileiro. Em todo lugar tem bons e maus profissionais", concluiu, sem papas na língua.

Indignação


O vice-presidente do clube, Márcio Rogério Dias, não poupou críticas ao agora ex-jogador do São Bento e disse nunca ter presenciado uma situação semelhante.

“Nunca vi, no mundo da bola, um profissional que tenha medo de disputar a posição com os outros companheiros. Esse é um tipo de atitude que não aceitamos, pois quando contratamos um atleta, ele não vem com uma cláusula de titularidade. Ele chegou achando que seria titular e se sentiu ameaçado com a volta da dupla João Paulo e Pitty", afirmou.

Fonte: Band