Zé Ricardo cogita usar Vinicius Junior no Brasileiro, mas com calma

Técnico se diz completamente contrário a queimar etapas

Na última coletiva antes do duelo com o Vasco - marcado para domingo, no Mané Garrincha, às 18h30 - o principal tema não foi o Clássico dos Milhões. Zé Ricardo tratou da inauguração do campo 5, de jogadores em recuperação e deu um bom panorama de como utilizará o jovem Vinicius Junior no time profissional. 


Zé garante que não terá pressa alguma em utilizá-lo, apesar da pressão provocada pelo grande Sul-Americano Sub-17 feito pelo garoto, que sagrou-se campeão e terminou como melhor jogador e goleador.

- Preocupação não é só do Zé Ricardo, mas, falando de uma forma bem natural, sou contra queimar etapas. Logicamente que se forem etapas que estão próximas, temos exceções. Conheço esse menino desde 2012, e todos do clube sabiam do seu potencial. Não está inscrito no Carioca, porque estava no Sul-Americano. Garoto de categoria juvenil, já treinou aqui, não é novidade para os profissionais. 

O treinador afirma que a partir de segunda-feira, quando Vinícius, Lincoln, Wesley e Patrick, campeões sul-americanos, se reapresentarão, será possível traçar um planejamento para a principal joia do Flamengo.

- Fez amistoso com a Serra Macaense, mas temos cuidado. O ritmo é diferente na categoria (profissional), mas não queremos qualquer tipo de confronto que possa prejudicar a carreira dele. Não é só decisão do Zé Ricardo. Eu, Rodrigo Caetano, o presidente, Mozer e Cadu e Noval da base teremos alguma proposta para ele treinar no time principal. Ele precisa jogar nos juniores também. Quem sabe poderemos colocar no Brasileiro poderemos colocá-lo em algumas partidas? Não queimamos nenhuma etapa nesse processo e não será agora que vamos queimar.

Fonte: Globo Esporte
logomarca do portal meionorte..com