Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Governador Flávio Dino reconhece o alto índice de criminalidade no Maranhão

Governador Flávio Dino reconhece o alto índice de criminalidade no Maranhão
Flávio Dino | Arquivo Internet
Compartilhe

Desde o dia 1º de janeiro estamos tomando todas as providências para combater o ciclo de violência que vem crescendo todos os anos no Maranhão, aumentamos o número de policiais com redução de pessoal em serviços administrativos, compramos novo serviço de radiocomunicação e armas.

Chamamos concursados na Polícia Militar e na Polícia Civil, e aumentamos a remuneração de todos os policiais, desde fevereiro, solicitamos a presença da Força Nacional em São Luís, para investigação de homicídios, o que foi atendido pelo Governo Federal. A Força Nacional está atuando há meses no Maranhão, com foco no que há de mais urgente: investigação de homicídios.


Policiais do Maranhão lutam todos os dias e têm obtido resultados, chefes das principais quadrilhas que antes mandavam nas ruas estão presos, os números provam que a criminalidade parou de crescer e vem reduzindo. Infelizmente, a Polícia ainda não conseguiu zerar os crimes. É preciso distinguir o problema real, do que é mera luta política, movida pelo poder de ontem, incomodado com a perda de lucros, além da perda de lucros do império midiático, há interesses dos agiotas, corruptos e quadrilheiros ricos, que atacam o sistema de segurança.

Teremos mais policiais nas ruas após o término do concurso e treinamento dos aprovados na Academia. Essa é a lei, que será respeitada, aos que me perguntam por que isso não foi feito antes, lembro que temos somente 5 meses no governo. Devia ter sido feito no ano passado. Quando chegamos, a segurança pública estava abandonada, crimes descontrolados e quadrilhas mandavam nas ruas e nas penitenciárias.

 Há uma campanha suja contra os policiais e o sistema de segurança. Mas transmito a certeza de que crimes vão diminuir ainda mais. Infelizmente, no Brasil não há nenhum Estado que tenha criminalidade zero, mas vamos seguir lutando para reduzir ainda mais os crimes. Para desfazer mal entendidos: Força Nacional nada tem a ver com Exército nas ruas. Nunca teve. Fonte: Blog Notícias de Parnarama


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar