Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

15ª edição do Inclusão Social revela iniciativas que promovem o bem

A solenidade de entrega de troféus da 15ª edição do Prêmio Piauí de Inclusão Social foi realizada na noite de quinta-feira (23)

Compartilhe

A 15ª edição do Prêmio Piauí de Inclusão Social - O Campeonato do Bem foi um verdadeiro triunfo. A necessidade de mostrar um piauiense que desenvolve práticas consistentes de desenvolvimento econômico, de geração de emprego e renda, de elevação humana e inclusão social e que encheu as páginas do Jornal Meio Norte, horas de programação da Rede Meio Norte, inúmeros acessos de matérias do Portal Meio Norte. Tudo isso para mostrar elementos construtores de uma cultura de prosperidade, crescimento harmonioso, paz e cooperação.  Ao longo de sete meses de apuração das iniciativas, muitas histórias de amor, companheirismo, afeto e altruísmo foram contadas pelos repórteres do Grupo Meio Norte de Comunicação (GMNC), que mostraram como boas iniciativas são fundamentais para buscar um mundo correto e mais justo.

Crédito: Raíssa Morais

Presente na solenidade, o governador Wellington Dias (PT) ressaltou de forma positiva a iniciativa do Grupo Meio Norte de Comunicação com o Governo do Estado do Piauí e enalteceu a importância de destacar os projetos que divulgam boas práticas realizadas no Estado. “Eu viajo muito como governador, em cada lugar que eu vou eu vejo muita coisa boa acontecer, esse campeonato do bem tem uma importância muito grande, provavelmente pouca gente do Piauí ou até mesmo do Brasil ia tomar conhecimento sobre as Mulheres de Visão, sobre a Universidade Aberta em Jatobá do Piauí, sobre a Zero Cárie em Francisco Santos, do trabalho do Tribunal de Justiça do Piauí. O troféu tem uma história de muita dedicação, muito trabalho e amor, um amor que resulta em todo esse trabalho de vocês, nada melhor do que abrirmos o ano de 2020 com boas histórias nas mais diferentes áreas do Piauí, vocês merecem todos os nossos aplausos e nossos reconhecimentos”, destacou.

Governador Wellington Dias| Crédito: Raíssa Morais

Durante a solenidade realizada no Auditório Tupperware, no Centro de Teresina, o GMNC e o Governo do Estado do Piauí estiveram junto à comunidade para apreciar os vencedores dessa grande iniciativa na última quinta-feira (23). A premiação se consolida como uma vitrine de pessoas que fazem o bem em todo o Estado.  Para José Osmando de Araújo, diretor de Jornalismo o Grupo Meio Norte, o prêmio é de grande relevância para os piauienses.

Diretor de Jornalismo do GMNC, José Osmando de Araújo \ Crédito: Raíssa MOrais

“Esse é um prêmio que já entrou na agenda social do Piauí como o mais significativo trabalho de responsabilidade social e um dos maiores prêmios que envolve a imprensa do Brasil. Nós ficamos sempre muito felizes com o êxito que o Inclusão Social manifesta e a cada ano aumenta também a nossa responsabilidade de trazer ao nosso povo demonstrações daqueles que fazem um trabalho de solidariedade, de fraternidade e muita ousadia”, analisa.

A vice-governadora Regina Sousa ressaltou de forma positiva a iniciativa. “Mais do que a ação, esse prêmio é importante por premiar a ideia e o que se vê aqui se copia, pois dá certo em qualquer lugar do Brasil. O prêmio mostra que a sociedade civil é capaz de se organizar e fazer um trabalho de incluir pessoas. O Grupo Meio Norte está de parabéns, pois 15 anos é muita coisa e não tem mais como desfazer esse prêmio”, enfatizou.

Sou Zero Cárie leva Grande Prêmio

A já vencedora da categoria Ação Individual, projeto  Sou Zero Cárie, que realiza prevenção à saúde bucal voltado para crianças do município de Francisco Santos, foi a grande vencedora do Prêmio Piauí de Inclusão Social. A iniciativa louvável é da cirurgiã-dentista Heloísa Clara Santos,  que começou seu trabalho no    município em 2017, porque foi a cidade onde nasceu. O comprometimento e o saber técnico fizeram com que Heloísa Clara Santos fosse premiada nacionalmente porque seu trabalho de prevenção em saúde bucal, desenvolvido pela Prefeitura Municipal, foi uma das melhores práticas do SUS (Sistema Único de Saúde) do Brasil. Os resultados têm sido excelentes, tanto os resultados qualitativos como os resultados quantitativos.

Iniciativa ganhou prêmio na categoria Ação Individual  e o grande prêmio | Crédito: Raíssa Morais

Heloísa Clara afirma que em várias microáreas do Programa Saúde da Família, com 100% de cobertura, os números de dentes restaurados e os tratamentos têm sido cada vez mais elevados e as crianças perderam o medo de visitar os dentistas. O Projeto Sou Zero Cárie começou com 270 crianças e atualmente já passa dos 500 atendimentos aos pequenos de zero a cinco anos, com orientações sobre escovação correta dos dentes, obturações, entre outros cuidados relacionados à saúde bucal.

Crédito: Efrem Ribeiro

“Eu ainda estava sem acreditar de ter recebido a premiação na Categoria Individual, porque de fato se a gente tiver curiosidade de conhecer todos os projetos que estão aqui, todos são belíssimos. Ter ganhado na categoria para mim é uma honra sem tamanho, são belíssimas histórias. Eu tenho que dividir esse prêmio com as Mulheres de Visão, eu me emocionei muito ali atrás com elas, se estão todos aqui é porque realmente é um projeto onde todos se engajam, todos se envolvem, a comissão julgadora é muito competente, mas eu não tenho como não dividir essa honra com todas as iniciativas que estão aqui hoje. Muito obrigado. O único sentimento que sinto é gratidão”, agradeceu emocionada.


Mulheres de Visão vencem na categoria ONG

A categoria Organização Não Governamental (ONG) ficou com o projeto Mulheres de Visão, Projeto desenvolvido pela Escola Comradio de Teresina no empoderamento de mulheres com deficiência para o mercado de trabalho. O projeto uniu 22 mulheres cegas ou com baixa visão. Muitas já conquistam aos poucos a independência financeira com empreendimentos diversos.  A moda e a gastronomia são as áreas mais exploradas, e o dinheiro que chega no bolso é fundamental para que elas melhorem a autoestima e fiquem ainda mais incentivadas a buscar novas oportunidades de vida.


Crédito: Wellington Neves

Para o jornalista Iraildo Mota, representante da Comradio em Teresina, as mulheres ainda vão dominar o mundo. “A única coisa que separa uma pessoa com deficiência de uma pessoa dita normal é a oportunidade, esse prêmio reconhece não apenas as mulheres cegas, mas ele abre um acórdão muito grande para reconhecer as instituições que dão oportunidades para outras pessoas. A gente precisa se unir em torno do ser humano, pessoas, instituições, organizações, gestores, todos nós temos uma dívida muito grande, principalmente com as pessoas com deficiência. O que está acontecendo aqui hoje é uma inclusão, estamos imensamente felizes com esse prêmio, ele reconhece a potência que as mulheres têm, elas ainda vão dominar o mundo e não está longe disso. Quero agradecer todos os parceiros nos quais eu visitei, olhei no olho e pedi que abrissem o coração para as pessoas com inclusão”, disse.

Crédito: José Alves Filho

Categoria Governamental foi para UAPI

A Universidade Aberta do Piauí (UAPI), que oferece cursos de ensino superior a distância,  atingindo 120 municípios e cerca 5 mil alunos, sendo mantida pelo Governo do Estado, foi a grande vencedora na categoria Governamental.  A Uapi atua na oferta de cursos superiores apoiados em metodologias que utilizem as tecnologias de informação e comunicação e é referência na modalidade Ensino a Distância (EAD). A Uespi, por meio do Núcleo de Educação a Distância  (Nead), é parceira do projeto e trabalha no funcionamento pedagógico da Uapi, oferecendo 13 cursos de pós-graduação lato sensu em 15 municípios e 7 cursos de graduação na área de EAD, em 35 polos de todas as regiões do Piauí, oportunizando a educação para todos.

Crédito: Wellington Neves

Elizângela Oliveira, diretora do polo da UAPI, em Jatobá do Piauí, agradeceu o reconhecimento do projeto que atinge e beneficia tantos jovens.“É muito bom fazer parte disso aqui, vocês não têm noção do que isso representa para nós, quando chegamos o secretário perguntou se foi a gente que tinha se inscrito, mas a imprensa entrou em contato com a gente e perguntou se queríamos participar desse evento, trazemos conosco o propósito de diminuir as diferenças, o resultado implica dizer que nós estamos no caminho certo. A UAPI é um projeto grandioso, riquíssimo, que foi um avanço na educação do Piauí. Trazer o nome da minha cidade Jatobá do Piauí é que me deixa mais feliz, somos um polo referência, porque tem 120 polos e o nosso é aquele que tem o menor número de evasão, nossa turma é ativa, uma família de fato”, afirmou.

Crédito: Efrem Ribeiro

Coletivo de Mulheres também é destaque

A interação das marisqueiras com o Coletivo Mulheres em Pauta de Parnaíba às tornou empoderadas economicamente e tem melhorado a qualidade de vida dessas mulheres, fazendo com que conquistassem o troféu na categoria Associação.  Elas conquistaram mecanismos e conhecimento para tornar sua atividade mais lucrativa. As 45 mulheres de Ilha Grande, município do litoral piauiense, a 348 km de Teresina, conquistaram mais do que instrumentos para analisar suas vidas, seu trabalho, relação com companheiros e filhos a partir da ajuda do Coletivo Mulheres, com quem têm reuniões para tratar de empoderamento feminino, autonomia e liberdade em conversas com historiadora, fisioterapeutas e psicólogas da entidade.

Crédito: Magal

A marisqueira Maria Luiza de Sousa Santos, representante do projeto, recebeu o troféu e agradeceu dizendo que o grupo é voltado para ajudar todas as mulheres. “Eu gostaria de agradecer esse prêmio porque nosso serviço é muito difícil, a gente depende da maré, eu faço isso há 18 anos e garanto que no meio das novas não estou perdendo muito para elas, não. O prefeito disse que a gente gera mais emprego do que ele e isso é gratificante”, declarou.


Crédito: Efrém Ribeiro

Omega leva troféu na categoria Empresa

A empresa  Omega Energia foi a ganhadora na categoria Empresa. A Produtora de Energia Eólica implantou um Centro de Educação em Ilha Grande, no litoral piauiense, para oferecer novas oportunidades para cerca de 325 crianças e jovens da comunidade Ventos, que transformam. As crianças estudam no Centro de Educação Janela para o Mundo, mantido pela empresa de produção de energia eólica, onde recebem reforço escolar e ajuda nos estudos e nas respostas aos seus deveres de casa no contraturno das escolas onde estudam o Ensino Fundamental. No Centro, porém, também são ministradas aulas para jovens e adultos. Aulas de Inglês, de Informática e de Redação para os estudantes se prepararem melhor para a aprovação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), um reforço para o acesso ao ensino superior.

A empresa mantém um Centro de Educação em Ilha Grande, no litoral do Piauí, por ter responsabilidade social e engajamento com a comunidade. Há um propósito da empresa Omega Energia de fazer crescer os habitantes de Ilha Grande, garantir estudo, qualificação e, principalmente, autonomia.

Crédito: Raíssa Morais

Crédito: Efrém Ribeiro

TJ-PI é reconhecido por projetos que aceleram processos judiciais

Ao longo dos 15 anos de execução, o Prêmio Piauí de Inclusão Social  foi responsável por divulgar uma sociedade que supera obstáculos e avança no caminho de uma construção justa e feliz. Simultaneamente à premiação indicada pelo Júri, a direção do Prêmio decidiu, há 8 anos, incluir uma categoria especial, denominada Menção Honrosa, com a qual o Grupo Meio Norte de Comunicação e o Governo do Estado do Piauí contemplam organizações, empresas, pessoas ou instituições que tenham prática permanente de contribuição ao desenvolvimento, à elevação econômica e à aplicação da justiça social.

Crédito: Raíssa Morais

A primeira Menção Honrosa foi conferida para o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, em razão do notável esforço desenvolvido ao longo de Negociação de Dívidas, dos Mutirões de Execução Fiscal, do Projeto “Eu Tenho Pai”, das sessões de Audiências de Mediação Judicial e da instalação do Centro Judiciário de Conflitos e Cidadania Móvel, para atuação nas comarcas que não possuem Cejus. As ações desenvolvidas pelo TJ do Piauí, em 2019, foram reconhecidas como responsáveis pela aceleração dos processos judiciais, que resultam, efetivamente, na prática de inclusão social, ao possibilitar que centenas de pessoas encontrem soluções mais imediatas para seus conflitos e interesses.

A honraria foi entregue nas mãos do presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, que esteve acompanhado da juíza Lucicleide Pereira Belo. “Eu gostaria de agradecer em nome do Tribunal de Justiça do Piauí essa homenagem. A política do Tribunal de Justiça é incentivar a prática da conciliação e mediação, temos que ter a pacificação social. Nos países orientais os estudantes são incentivados a buscarem a autocomposição, na prática nós temos coordenação de 19 Centros de Conciliação e tivemos excelentes resultados no Piauí”, declarou.

Contour Global é condecorada por contribuir para desenvolvimento

Já a segunda Menção, na categoria Destaque Nacional, foi para a empresa Contour Global Latam, por sua efetiva contribuição ao desenvolvimento do Estado do Piauí, numa participação que se faz valiosa não apenas no aspectos do avanço econômico, mas, sobretudo, pela essência inovadora de sua atuação, geradora de inovação tecnológica, motivadora de transformação na realidade do sertão nordestino, e do compromisso fundamental com o equilíbrio ecológico do Brasil.

Crédito: Magal

Os investimentos da Contour Global, associada à Votorantim Energia, essencialmente no município de Curral Novo, estão contribuindo de modo efetivo e avançado na transformação social e econômica da região, fazendo com que o PIB municipal tivesse uma elevação, entre 2014 e de 2017, de 799,81%, constituindo-se no maior crescimento do Brasil. Em relação ao país, Curral Novo ocupava, em 2016, a posição número 5.317, tendo passado para a posição 1.917 em 2017.

“É muito gratificante estar aqui nessa noite, receber essa Menção Honrosa em meio a vários trabalhos bonitos, pessoas que vêm trabalhando fortemente no seu dia a dia para um desenvolvimento econômico de melhores práticas de desenvolvimento sustentável, ficamos muito felizes de sermos lembrados. Sempre que temos oportunidade é muito gratificante participar disso, a gente só tem a agradecer, vamos trabalhar muito forte durante 2020 para estarmos aqui de novo e levarmos mais um prêmio para casa”, disse o gerente de Planta, Francisco Debieni Costa, que agradeceu a homenagem.

Presidente do GMNC anuncia troféu ‘Sol do Equador’

A presidente do Grupo Meio Norte de Comunicação (GMNC), Lívia Guimarães, discursou no encerramento da solenidade de premiação da 15ª edição do Prêmio Piauí de Inclusão Social e destacou que o Prêmio transformou-se em compromisso efetivo da promoção de inclusão social no Estado do Piauí, lembrou os 25 anos de circulação do Jornal Meio Norte, e para comemorar as bodas de prata do periódico anunciou o lançamento do Troféu Sol do Equador, para contemplar pessoas que, ao longo da história, foram e têm sido decisivas na tarefa de construção do Piauí, fazendo-o maior, mais harmônico, mais justo e feliz. A gestora adiantou ainda que a busca e divulgação das iniciativas que estarão na 16ª edição da premiação terá início em maio de 2020. 

Crédito: Raíssa Morais

Confira abaixo o discurso completo:

“Sejam bem-vindos a esta festa de celebração e realização do nosso Prêmio Piauí de Inclusão Social. E imaginem só, debutamos! São 15 anos de histórias contadas e relatadas nesta linda iniciativa do Bem, que se transformou no mais eficiente olhar sobre práticas construtivas, exercícios de cidadania e solidariedade, demonstrações evidentes de trabalho e ousadia, esforço contínuo para efetivação da justiça e redução de desigualdades, que vêm sendo edificados no Piauí por pessoas e organizações comprometidas com o bem-estar geral.

Ficamos, a cada ano, alegres e agradecidos, mas, ao mesmo tempo, sempre mais estimulados, diante dos belos exemplos aqui evidenciados, por esse abraçar de causas comuns, por esse DNA do BEM que se verifica em cada gesto de fraternidade, em cada atitude ousada e inventiva, em cada impulso para construir um momento novo de transposição sobre realidades quase sempre adversas.

Temos a nítida compreensão de que o Prêmio Piauí de Inclusão Social, que começa a entrar na maturidade, firmou-se como uma janela sempre aberta para acolher modelos de construção humana que, no dia a dia do nosso viver cotidiano, estão sendo capazes de modificar ambientes, gerar esperança, diminuir diferenças e promover a elevação abençoada de pessoas, numa caminhada de realização e afirmação.

Do nosso primeiro momento, no ano de 2004, até hoje, quando, em 2019, completamos 15 anos de dedicação essa sagrada tarefa de Incluir e Elevar, muitas conquistas foram obtidas, muita coisa mudou para melhor, muito bem foi espalhado, muita transformação significativa e essencial ocorreu.

Daí, muito temos para agradecer. Primeiramente, a todas as pessoas e instituições que, sem desviar dos seus interesses e deveres pessoais e das suas causas públicas, não deixam de ter um olhar sobre o outro, uma mão estendida para somar-se a outras na tarefa de construir, o ouvido aberto para ouvir o sentimento dos outros, o coração pronto para acolher e partilhar. Para se totalizar em números, que são expressos e importantes, cerca de 400 histórias contadas em quase 900 páginas do JMN, 60 horas de reportagens especiais exibidas na Rede Meio Norte de Televisão, tudo postado para o mundo através do portal Meionorte.com.

Agradecimento que fazemos, também, aos integrantes da Comissão do Júri, representantes de instituições importantes do nosso Estado, que se dedicam todos os anos a escolher os melhores exemplos que se apresentaram nas belas reportagens do Jornal, TV e Portal Meio Norte.

Agradecimento especial ao governador Wellington Dias, que acreditou nesta proposta desde o instante em que viu o detalhamento da ideia, firmando com este Prêmio um compromisso profundo de responsabilidade e parceria.

Agradecimento final a todos os parceiros e meus colegas do Grupo Meio Norte de Comunicação, aos nossos clientes, amigos e a todos os nossos telespectadores que, nesta hora, dedicam sua atenção a esta transmissão que a Rede Meio Norte de Televisão realiza ao vivo.

Saibam todos e todas, senhoras e senhores, que o Grupo Meio Norte de Comunicação, por todos os seus meios, Rede Meio Norte de Televisão, emissoras de Rádio MN FM, Boa FM, Cocais FM. Rádio/TV Jornal Meio Norte, portal www.meionorte.com e Jornal Meio Norte, tem não apenas um extremado prazer, mas, sobretudo, um elevado compromisso de dar sempre Boas Notícias.

Gostamos muito quando falamos aos ouvidos das pessoas e quando nossas páginas e nossas telas mostram avanços, falam de prosperidade, transmitem harmonia e paz, espelham união e fraternidade, registram crescimento econômico e social, dizem de atitudes que signifiquem práticas de justiça e esforço para diminuição de desigualdades que a muitos afetam. Pode até parecer utopia, mas o fato é que não nos interessa abandonar esses sonhos.

E para finalizar, gostaria de compartilhar que, nesse compromisso de servir, o nosso Jornal Meio Norte acaba de completar 25 anos de circulação diária, ininterrupta, chegando às bancas e às casas de nossos assinantes, pela primeira vez, em 1º de Janeiro de 1995.

Para celebrar as Bodas de Prata do JMN, o Grupo Meio Norte de Comunicação decidiu lançar nesta noite o Troféu Sol do Equador, para homenagear pessoas que foram e são significativas, marcantes e primordiais nos avanços, nas conquistas, nas transformações alcançados pelo Piauí ao longo desse tempo.

Neste ano de 2020, serão entregues, em Outubro, mês de celebração do Piauí, 25 Troféus a 25 pessoas, significando um troféu para cada ano de circulação do JMN. A partir de 2021, o Troféu será entregue a cinco pessoas a cada ano.

Inspira-nos o Sol, elemento primordial à Vida, à própria existência humana, ao vigor do Planeta Terra e de todos os seres vivos nela existentes; o Sol, interpretado por filósofos e aclamado por poetas e cantores; o Sol do Equador, presente na letra do Hino do Estado do Piauí, no firme anseio de que Ele permaneça nos trazendo luzes, sendo o nosso Farol, iluminando permanentemente a nossa prática de jornalismo cidadão, alicerçado na Verdade, na Solidariedade e no Bem.

Gostaria de agradecer e parabéns especialmente a cada um dos homenageados e mencionados nesta noite, vocês são nossa inspiração como seres humanos. Obrigado pela presença de todos na noite do nosso campeonato do bem.”



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar