950 policiais militares trabalharão durante o Enem no Piauí

Secretário Fábio Abreu apresentou plano de segurança para Enem 2016

Nesta quinta-feira (03), o secretário de Estado da Segurança Pública, Fábio Abreu, apresentou para comandantes de batalhões da Polícia Militar, o plano de segurança para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Ao todo, serão 950 policiais militares envolvidos que irão atuar em três frentes: segurança para o transporte dos malotes com as provas, segurança dos locais de prova e reforço do policiamento ostensivo nas proximidades das escolas onde o exame vai ocorrer.

“Estamos preparados para garantir a escolta das 56 rotas montadas para realizar a distribuição das provas, nos 32 municípios piauienses onde o Enem será realizado. Teremos também a presença de policiais militares nos 490 locais de aplicação de prova”, informou o secretário.

Fábio Abreu apresenta plano de segurança Enem 2016 para Batalhões da PM/PI (Crédito: Reprodução)
Fábio Abreu apresenta plano de segurança Enem 2016 para Batalhões da PM/PI (Crédito: Reprodução)

Com o fim do exame, a Secretaria da Segurança dará início à operação reversa, fazendo a escolta de retorno das provas às unidades de armazenamento. “Nossa meta é garantir que tudo corra bem antes, durante e depois do Enem 2016”, acrescenta Fábio Abreu.

O esquema de segurança contará também com 20 viaturas e o helicóptero da Polícia Militar. Toda a operação será monitoramento pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que foi montado na sede da Secretaria da Segurança, dando soluções rápidas a eventuais problemas e ocorrências que possam surgir no decorrer da operação.

“Nos dias 05 e 06, teremos uma equipe que estará de plantão no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) monitorando todas as ocorrências, e, caso haja algum incidente relacionado à fraude, a ocorrência será encaminhada à Polícia Federal, responsável por investigar esse tipo de crime. Para o próximo ano, queremos envolver também a Polícia Civil e algumas delegacias específicas, como é o caso da Delegacia do Silêncio, para evitar som alto nas proximidades dos locais de prova”, finalizou Abreu.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com