Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

"Abraço Teresina": + Vida já plantou mais de 37 mil mudas na capital

A ideia de unir voluntários em ações que contribuíssem para o meio ambiente ganhou força e hoje o grupo está unido em uma frente de defesa da natureza e a preservação

Compartilhe
Google Whatsapp

A + Vida surgiu da ideia de unir um grupo de voluntários em ações que contribuíssem para o meio ambiente. A ideia foi ganhando o apoio de várias pessoas, que estão unidas em uma verdadeira frente defesa da natureza e a preservação dos recursos naturais. Para isso, o plantio de árvores foi uma das maiores ações do grupo, que chegou a distribuir mais de 37 mil mudas na capital.

Crédito: Divulgação


É o que explica João Freitas, idealizador do projeto. “O propósito inicial foi a compensação de emissões de dióxido de carbono, o CO2. Neutralizamos através de plantios de 12 mil mudas nativas às margens do rio Poti compensando emissões da Federação das Indústrias, OAB, uma empresa de análises clínicas, entre outras”, conta.

A partir daí, eles não pararam mais. “No Projeto Verde que Te Quero Verde, na administração do Sílvio Mendes, doamos 25 mil mudas nativas, dentre elas, 3 mil ipês roxos, para a arborização e retorno de Teresina à categoria de nossa Cidade Verde. Esta ação, em conjunto com o Clóvis Freitas da PMT, foi um sucesso, dado aos seus conhecimentos ímpares em arborização urbana”, acrescenta João Freitas.

Crédito: Divulgação

A pauta ambiental também chega aos dias de festas. “Há alguns anos estamos calculando e certificando as emissões de CO2 do Corso de Teresina para proceder às devidas compensações. A base deste cálculo é feita através da Calculadora Verde do nosso Site www.maisvida.eco.br”, conta Freitas.


As atividades unem ativismo ambiental e ciberativismo, através da internet e redes sociais. “Outras das inúmeras iniciativas foi o Ciberativismo em 2011, onde através do site conseguimos 342 assinaturas virtuais e quase 4 mil colhidas na própria avenida através de voluntários, e as levamos para o prefeito da época, Elmano Férrer, onde se iniciaram os estudos de viabilidade, sendo implantado na gestão do Firmino Filho. Esta reivindicação foi o ponto de partida para a faixa de atividades saudáveis na Av. Raul Lopes”, lembra o ciberativista.

João acredita que proteger a natureza faz parte de sua missão. “Vejo as atividades de proteção da natureza como uma ação de cidadania que une as pessoas e agrega valor à educação das nossas crianças. Para tanto, nada é mais forte que o coração de um voluntário”, conclui. 

Crédito: Divulgação



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×