Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Ação apreende agrotóxicos danosos à criação de abelhas no sul do Piauí

Propiedades foram fiscalizadas, pessoas foram autuadas e frascos com agrotóxicos apreendidos.

Ação apreende agrotóxicos danosos à criação de abelhas no sul do Piauí
ADAPI | Divulgação
Compartilhe
Google Whatsapp

Desde o início da semana, foram realizadas ações de educação ambiental e de fiscalizações em propiedades dos municípios de Geminiano, Campo Grande, Francisco Santos e Monsenhor Hipólito, com o acompanhamento do diretor do Agronegócio da SDR, Kleber Alencar. 

A atividade foi uma ação conjunta entre a SDR, o Batalhão de Policiamento Ambiental e a Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) e resultou na fiscalização de quatro propriedades e três estabelecimentos comerciais, apreensão de frascos de agrotóxicos em desacordo com a legislação, quatro pessoas autuadas pela Polícia Militar Ambiental por crime ambiental e 70 pássaros nativos silvestres apreendidos.

Em uma das visitas, a diretora de Agricultura Familiar da SDR, Liz Meireles, relatou que os técnicos chegaram a identificar um agrotóxico de tarja vermelha, considerado um dos mais perigosos. "Temos que investir na preservação, continuar mobilizando todos os envolvidos pra falar deste tema e fazer um alerta em todo o estado sobre o risco do uso indiscriminado de agrotóxico, principalmente sobre as consequências para nossa saúde, para o meio ambiente e as nossas atividades que trazem renda para a sobrevivência no campo e na cidade”, afirmou. 

A ação fez parte da Semana de Educação Ambiental e Fiscalização para a Preservação do Ambiente Apícola, que terminou na sexta-feira (12). O evento é uma realização da Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR) e da Câmara Setorial de Apicultura.

O apicultor da região de Picos, Francisco Batista de Barros, avalia que é de suma importância uma ação como esta. “Acho que é inédito na apicultura do Piauí juntar a câmara setorial, organismos públicos e setor produtivo. Temos que abrir os olhos, promover mais encontros como este. Eu mesmo já tive este problema de envenenamento no meu apiário”, relatou.

O gerente da Cooperativa Mista dos Apicultores da Microrregião de Simplício Mendes (Comapi), Sergio Viana Medeiros, afirma que este tipo de evento é superimportante pra trazer uma temática que pode causar danos futuros, além de prevenir algo que ainda está incipiente no Piauí, mas que em outras regiões já é real.

Crédito: Divulgação

Representantes dos órgãos que participaram das atividades durante toda a semana, empresas de beneficiamento e exportação de mel, sindicatos, associações, agricultores e apicultores compareceram ao evento que contou com palestras do coordenador do curso de engenharia agronômica da UFPI, Darcet Costa Souza e do fiscal agropecuário da Adapi, Francisco Esdras. Os especialistas falaram sobre o risco do uso indiscriminado do agrotóxico e sobre as ações de fiscalização no estado. Ao final das palestras, os participantes tiveram a oportunidade de dar depoimentos e tirar suas dúvidas em relação ao tema.

O professor Darcet Souza encerrou sua palestra alertando para os riscos da perda da certificação no estado do Piauí.  “O bom seria não usar o veneno mas, enquanto isso não é possível, temos que unir forças para conscientização de todos e todas nas atitudes do dia, porque não adianta vender o mel orgânico e usar agrotóxico”, afirmou. O professor acrescenta que no caso de morte de abelhas nos apiários, deve ser feita uma comunicação imediata para a Adapi, que é o órgão responsável e que têm o poder de acionar os órgãos competentes pra tomar as medidas necessárias.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se