Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Acusada de matar grávida e roubar bebê vai a julgamento

Acusada de matar grávida e roubar bebê vai a julgamento

Compartilhe

Come?a nesta segunda-feira, nos Estados Unidos, o processo que vai selecionar o corpo de jurados para o julgamento de Lisa Montgomery, acusada de cortar a barriga de uma mulher gr?vida de oito meses e roubar seu beb?.

Segundo os promotores, Montgomery enforcou Bobbie Jo Stinnet, 23 anos, antes de tirar o beb? de seu ?tero e lev?-lo para casa como se fosse seu. O crime chocou os Estados Unidos em 2004.

Depois da sele??o do j?ri, acontecem as alega?es iniciais, previstas para esta quinta-feira. O julgamento pode durar at? um m?s.

Lisa Montgomery disse ser inocente da acusa??o de seq?estro resultando em morte, mas seus advogados j? indicaram que devem alegar insanidade.

Numa audi?ncia anterior ao julgamento, uma neuropsic?loga testemunhou que ferimentos na cabe?a sofridos por Montgomery anos antes podem ter danificado a parte do c?rebro que controla a viol?ncia.

Na ?poca do assassinato, Lisa Montgomery j? tinha tr?s filhos adolescentes, mas estava desesperada por uma nova crian?a, acreditando que isso salvaria seu casamento, e decidiu inventar uma gravidez.

Perto do fim de sua gravidez imagin?ria, ela conheceu uma gr?vida, Bobbi Jo Stinnet, durante um show de cachorros no estado do Kansas e tra?ou seu plano.

Ela viu um an?ncio de venda de filhotes que Stinnet havia colocado na Internet e foi at? a casa dela, no Missouri, fingindo estar interessada em comprar os cachorros.

Ela teria ent?o estrangulado Stinnet, antes de cortar sua barriga com uma faca de cozinha, e levado seu beb? prematuro para casa, no Kansas, onde teria apresentado a menina, orgulhosa, ao marido, Kevin.

Os policiais a encontraram depois de rastrear e-mails no computador de Bobbi Jo Stinnet.

A beb?, Victoria Jo, foi depois devolvida ao pai, Zeb.

William Phelps, que escreveu um livro sobre o caso, disse que "?s vezes, essas mulheres sofrem de uma condi??o em que acreditam, de fato, estar gr?vidas. Mas no caso de Lisa, ela era apenas uma mentirosa patol?gica. Por tr?s anos seguidos, ela disse que estava gr?vida quando n?o estava e depois afirmou ter perdido o beb?".

Lisa Montgomery n?o foi a primeira mulher a cometer um crime deste tipo. O Centro Nacional contra o Desaparecimento e a Explora??o de Crian?as, no Estado de Virginia, diz que houve nove roubos ou tentativas de roubo de fetos desde 1987.

Outra americana, Sarah Brady, esteve perto de se tornar uma v?tima.

Ela estava gr?vida de nove meses quando foi atacada por uma mulher que tinha recentemente se tornado sua amiga, Katie Smith.

Brady lutou com Smith e acabou matando a agressora. A pol?cia descobriu que Smith fingia estar gr?vida e encontrou na casa dela um kit cir?rgico, com luvas, bisturis e um grampo umbilical.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar