Acusado de matar idoso com enxada deve ser julgado nessa terça (19)

O crime foi cometido em 2008 na comunidade Lagoa Seca

O Tribunal Popular do Júri deve julgar nesta semana, em Campo Maior, acusados de participação em dois homicídios praticados em 2008 no município. Um dos crimes acorreu na localidade Residência, enquanto o outro foi praticado na comunidade Lagoa Seca, durante a realização de uma festa. 

Nesta terça-feira (19), o Tribunal se reúne para julgar Raimundo Moreira Lima e outros dois envolvidos. Eles são acusados de assassinarem a golpes de enxada a vítima José Bastos de Sousa, 74 anos. O crime aconteceu na localidade Residência, em 7 de fevereiro de 2008. A discussão que levou ao homicídio começou por conta da água de um poço. 

Já na quinta-feira (21/08), senta no bando dos réus José Francisco de Moura Silva, o Zé Maria do Calú. Ele é acusado de assassinar a facadas o segurança Luiz Ferreira da Silva Neto, conhecido por Luiz Galvão. O crime foi cometido em 2008 na comunidade Lagoa Seca.  

Preocupação
O juiz da 1ª Vara da Comarca de Campo Maior, Múccio Meira teme que a greve dos agentes penitenciários volte a adiar o julgamento. Na semana passada, o julgamento de Antônio Francisco Vieira de Moura, o Piranha, foi adiado devido à recusa dos agentes penitenciários de trazer o acusado para Campo Maior. Ele é suspeito de estuprar e assassinar a garota de 7 anos de idade Franciele Silva. 
 

Fonte: Com informações do Campo Maior em Foco
logomarca do portal meionorte..com