Adolescente é obrigada a dar à luz na rua após hospital recusá-la

Jovem havia sido expulsa de casa e abandonada pelo pai da criança

Uma adolescente de 17 anos foi obrigada a dar à luz no meio da rua em Jharkhand, na Índia, após um centro de saúde recusar atendimento porque a jovem estava sozinha.

Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, a adolescente foi expulsa de casa por ficar grávida. Testemunhas disseram que ela já vivia nas ruas há cerca de quatro meses.

Na segunda-feira (21), a adolescente procurou o centro de saúde Chandil, já em trabalho de parto, mas o atendimento foi negado porque ela não tinha um “responsável” a acompanhando.

O pai da criança, um jovem com quem a adolescente tinha um relacionamento, também a abandonou ao saber da gravidez.

A jovem acabou tendo que dar à luz no meio da rua, a apenas 30 metros do centro de saúde. Uma pessoa que passava pelo local viu a jovem no chão, com a roupa suja de sangue e o cordão umbilical ainda preso na criança.

Om Prakash Sharma, de 50 anos, disse que colocou barreiras em volta da jovem para que ela não fosse atingida por carros.

— Um homem foi ao centro de saúde pedir ajuda, mas eles se recusaram. Disseram que não podiam admitir a garota, pois ela não tinha um guardião para assumir a responsabilidade por ela. Em seguida, informamos a polícia.

Depois disso, uma médica saiu para atender a jovem e a levou para o centro de saúde. Mãe e bebê passam bem e serão encaminhados para um abrigo de mulheres.


Fonte: Com informações do R7