Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Aluna do EJA é aprovada para medicina

Rede estadual de ensino comemora aprovações no SISU

Compartilhe

Com uma rotina de estudos bem puxada, João Arthur Silva de Macedo Araújo, estudante do Centro de Ensino de Tempo Integral (CETI)  João Henrique, aprovado em Medicina na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), conta que acordava cedo da manhã pra ir a escola e voltava só no fim da tarde, mas que no final tudo deu certo. João é um dos alunos da Rede Pública Estadual de Ensino do Piauí que comemoram a aprovação no Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

 João Arthur Silva de Macedo Araújo, estudante do Centro de Ensino de Tempo Integral (CETI)  João Henrique, aprovado em Medicina na Universidade Federal do Maranhão (UFMA),

"Na escola nós tínhamos aulas de matérias pra revisão de assuntos muito cobrados no Enem, assim como matérias que apresentavam os assuntos próprios do 3° ano, e confesso que foi um pouco difícil conciliar o estudo de revisão e de assuntos novos, pois quando eu chegava em casa, sempre me certificava de ler alguma coisa, nem que fosse um livro bem simples, apenas pra não perder o hábito", conta o estudante.


O estudante conta que participou das revisões Pré-Enem Seduc com alguns dos melhores professores e com certeza isso o ajudou a conquistar seus objetivos, e que até o contato com a sua família foi limitado, e mesmo assim, ele teve total apoio para todas as decisões que tomava.

Assim como João Arthur, outros  milhares de estudantes comemoram aprovação em todo o estado e em vários cursos ofertados pelo Piauí. Maria Eduarda de Sousa, estudante da Unidade Escolar Estado de São Paulo, foi aprovada em História e diz que sempre teve o sonho de ser historiadora e que por algumas vezes teve vontade de fazer direito e jornalismo. "Na minha cabeça sempre quis a licenciatura, desde quando comecei a estudar, mas com o passar do tempo pensei em fazer para outros cursos, talvez por conta do status, mas almejava história e fui aprovada na primeira opção", comenta  a estudante que cursou todo o ensino médio em escola pública.


*Aluna da EJA é aprovada para medicina


Aprovada em Medicina por cotas, Brunna Paloma Lima finalizou o Ensino Médio no Centro Estadual de Jovens e Adultos (Ceja) Arthur Furtado  após ficar dois anos sem estudar. “Estou muito feliz com esse resultado pois é a concretização de um sonho de infância. Fiquei sem estudar nos anos de 2017 e 2018 e, em 2019, resolvi me matricular novamente, dessa vez na modalidade Jovens e Adultos. Decidi ficar longe das redes sociais e me dedicar completamente aos estudos. Agradeço a todos que fazem o Ceja Arthur Furtado e, especialmente, a minha família que sempre esteve ao meu lado e me apoiou em todos os momentos”, comemora a estudante.


Brunna Paloma Lima - aprova Medicina - Ceja Arthur Furtado


Estudantes do Interior comemoram aprovação


"Sempre fui aluno de escola pública e apesar das dificuldades que sabemos que existem, tentei superar os desafios estudando em casa e buscando ajuda externa de meus professores", revela Renê Gonçalves, aluno do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Francisca Pereira, de Fronteiras, aprovado em Medicina na UNIVASF. Renê e vários outros estudantes das escolas estaduais comemoram o resultado da primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (SISU), divulgado na tarde desta terça-feira (28).

Renê Gonçalves afirma que sua tática foi participar do Enem desde a 8ª série do Ensino Fundamental, justamente para ter a experiência e acompanhar sua evolução ao longo dos anos de Ensino Médio.

"Agradeço a Deus, pois consegui ter uma progressão em minhas notas até chegar ao terceiro ano e conseguir agora esse resultado muito satisfatório para mim. Eu recebo como um presente divino, pois creio que tudo está nas mãos dele, e que o Senhor realiza sempre os desejos do nosso coração que são bons para nós e principalmente para a difusão do seu evangelho. É uma alegria para mim e para minha família, assim como para meus colegas e docentes", completa o estudante.


Renê Gonçalves, (CETI) Francisca Pereira, de Fronteiras, aprovado em Medicina na UNIVASF

A 16ª Gerência Regional de Educação, com sede em Fronteiras, a 411 km da capital Teresina, contabiliza ainda 14 aprovações em cursos como Direito, Biologia, Matemática, Ciências Contábeis e Educação Física em diversas universidade públicas de todo o país. 


"A Gerência junto às escolas têm abraçado o desafio de buscar melhorar nossas práticas pedagógicas e aperfeiçoar nossas formações dentro da 16ª GRE. É um trabalho em equipe, uma troca, uma busca constante de compreender e nos apropriar das ferramentas que a Seduc nos disponibiliza e usarmos pedagogicamente delas. Todo esse esforço aliado ao Pré-Enem Seduc e a dedicação dos alunos tem proporcionado ótimos resultados", relata a gerente da GRE, Maria de Nazaré Alencar.


Outro resultado expressivo do interior do Piauí vem do CETI Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves. Até agora, 18 alunos de uma turma de 20 estudantes conseguiram a vaga em uma universidade para cursos de Engenharia, Direito, Computação, entre outros. 


A diretora do CETI, Aurilene Vieira, enfatiza que bem além dos resultados na OBMEP, o estudante do Augustinho Brandão está preparado para o prosseguimento nos estudos e para a vida.


SUPERAÇÃO: Aluno de escola pública, cadeirante e da zona rural de Campo Maior é aprovado em 1º lugar em Serviço Social


Vaílson Oliveira, estudante do CETI Raimundinho Andrade, de Campo Maior, conquistou o primeiro lugar (cotas) no curso de Serviço Social da Universidade Federal do Piauí. Cadeirante, Vaílson sempre estudou em escola pública e é da zona rural do município.

Vaílson Oliveira  cadeirante  da zona rural de Campo Maior  foi  aprovado em 1º lugar em Serviço Social UFPI

O estudante disse que, para superar todas essas limitações, sempre contou com o apoio de professores das escolas Linoca Gayoso e Professor Raimundinho Andrade. Com boas notas no ENEM, Vaílson diz que não vai parar com a aprovação em Serviço Social. “Eu tive paralisia infantil , fiquei com os movimentos dos membros inferiores atrofiado, moro na zona rural, mas minha vontade de ser aprovado em uma faculdade era maior do que minha limitação física e geográfica. Esses desafios foram que me motivaram a chegar a onde cheguei hoje . ”, destaca o futuro assistente social. 


Escola de Piracuruca obtém 50% de aprovação em universidades


O CETI Presidente Castelo Branco também comemora as aprovações de seus alunos em universidades, após a divulgação do resultado do SISU. A escola já contabiliza cerca de 50% de aprovação de seus estudantes. 


Uma das que já conseguiram vaga na primeira chamada do SISU foi a jovem Joice Araújo Fontenele. A estudante havia obtido 980 pontos na Redação do Enem e comemora o resultado: primeiro lugar em Matemática no IFPI. "O  CETI Presidente Castelo Branco foi fundamental nessa conquista, serei sempre grata à gestão por auxiliar e permitir que os professores desenvolvessem projetos voltados para o Enem", afirmou.

"É um resultado excepcional dos nossos alunos. Ações como aulas dinâmicas, realização de projetos que elevam a aprendizagem, professores compromissados, além de procurar trazer a família para parte deste processo, dando suporte que alia conhecimento e resultado, são fatores que contribuíram para nosso bom desempenho", destaca.


As notícias de aprovações não param de chegar de todas as regiões do Piauí, como de Simplício Mendes. Estudantes do CETI José Atanásio de Santana conquistaram aprovações em Física, Gestão Ambiental, Matemática e Biologia.

O CETI Didácio Silva, recordista de estudantes  com nota acima de 900 pontos na redação, já contabiliza 42 aprovações. “A família CeTi Didácio Silva esta muito feliz com esse resultado e temos certeza que teremos mais aprovados”, comemora a diretora do Centro, Tetê Silva. 

De acordo com o Secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, muitos estudantes foram aprovados em várias universidades em todo o Brasil. "Foi um trabalho intenso no ano de 2019 em todas as escolas, de professores, gestores escolares, gerentes regionais e da própria Seduc por meio do Pré-Enem Seduc, um trabalho coletivo, com um grande grupo para garantir a melhor preparação possível para nosso estudante. E hoje é dia de comemorar o resultado belíssimo, são várias aprovações. Parabéns aos estudantes e às suas famílias, o momento agora é de comemorar, sucesso a todos e a todas", comemora o secretário.

Para o SiSU 2020.1, o Piauí contou com 9.339 vagas presenciais, distribuídas entre Ufpi, Uespi, Ifpi e Univasf - Campus Serra da Capivara, somente entre as IES públicas. Para o Ensino Superior à distância, o Piauí terá 5.850 vagas, sendo 2.730 para a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e 3.100 para a Universidade Aberta do Piauí (Uapi), as quais serão ofertadas no segundo semestre de 2020, quando será lançado o edital.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar