Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Após decisão do TJ, Patrice Leitão assume prefeitura de Itaueira

Com a posse, Patrice Teixeira Leitão (PRB) passa a ser candidato a reeleição a prefeito do município na base do ex-prefeito Quirino Avelino.

Compartilhe

Na tarde desta terça-feira (22), a Câmara Municipal de Itaueira empossou o vice Patrice Teixeira Leitão como prefeito da cidade, após o Tribunal de Justiça do Piauí determinar a prisão e o afastamento do cargo de prefeito de  Quirino de Alencar Avelino (PTB),  por envolvimento em desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O presidente da Câmara Municipal de Itaueira, Francisco Antônio da Silva foi notificado da decisão na manhã de hoje e convocou uma sessão extraordinária para empossar o vice como prefeito. 

Com a posse, Patrice Teixeira Leitão (PRB) passa a ser candidato a reeleição a prefeito do município na base do ex-prefeito Quirino Avelino.

Patrice Teixeira Leitão/Reprodução-Instagram

Entenda o caso

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPPI), Polícia Militar e a Polícia Civil, cumpriram mandados de prisão preventiva no fim da manhã desta terça-feira (22), contra o Prefeito de Itaueira, Quirino de Alencar Avelino, o Secretário de Obras do município, Gaston de Sousa Cavalcante, e os empresários Jeremias Pereira da Silva e Edivá de Sousa Cavalcante.

Os mandados foram expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Piauí no âmbito da Operação Perpetuatio, que apura purar três fatos criminosos envolvendo desvios de recursos públicos, lavagem de dinheiro e organização criminosa na Prefeitura Municipal. 

Prefeito Quirino de Alencar Avelino - Foto: Divulgação

Até o momento, foi realizada apenas a prisão do empresário Jeremias Pereira da Silva. Diligências estão sendo realizadas no sentido de efetuar a prisão dos demais citados.

Os valores desviados já contabilizados foram de R$ 1.724.613,38 (um milhão, setecentos e vinte e quatro mil, seiscentos e treze reais e trinta e oito centavos), sendo que ainda estão sendo auditados outros contratos, para totalizar o valor desviado pela organização criminosa.

Greco cumpre mandados de prisão preventiva em Itaueira - Foto: Divulgação


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar