Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Autoridades e órgãos lamentam a morte do Dr. Noé Fortes

Dr. Noé de Cerqueira Fortes, um dos mais renomados médicos do Piauí, morreu na manhã desta quarta-feira (13).

Compartilhe

Atualizada às 12h30

A morte do médico Dr. Noé de Cerqueira Fortes, causou uma grande onda de lamentações nas redes sociais visto o quanto o profissional é admirado e querido pelos piauienses. Autoridades e órgãos divulgaram notas exaltando o médico. O óbito foi confirmado pelo Hospital HTI, zona Sul de Teresina, onde estava internado após ser submetido a uma cirurgia para tratar um problema gastrointestinal. 

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, usou o seu perfil no Twitter e no Instagram para homenagear o profissional. "Teresina amanhece com duas perdas irreparáveis. Dr Noé Fortes tem uma bonita história com nossa cidade. Médico, professor da UFPI, secretário de saúde, amava Teresina como poucos e merece todas as homenagens", escreveu. 






Ver essa foto no Instagram









Teresina amanhece com duas perdas irreparáveis. Dr Noé Fortes tem uma bonita história com nossa cidade. Médico, professor da UFPI, secretário de saúde, amava Teresina como poucos e merece todas as homenagens. Também perdemos dona Lusineide Jales, nossa Mamãe Noel. Por muitos anos, durante o Natal, ela transformou sua casa num espaço mágico e, muito generosamente, abria para visitação. A cidade inteira visitava o espaço, na zona norte da cidade. Em nome dos teresinenses, agradeço a vida e a história deixada pelo Dr Noé Fortes e dona Neide. Às famílias e amigos, nossos pêsames. Perder alguém tão especial, ainda mais num momento como esse, é uma dor realmente difícil de mensurar. Fotos: Arquivo Cidade Verde

Uma publicação compartilhada por  Firmino Filho (@firminosfilho) em

Muitas pessoas também aproveitaram a publicação do prefeito para acrescentar elogios ao médico. "Sou representante de medicamentos e cheguei a visita-lo antes do mesmo encerrar as atividades de consultório. Ele era de uma gentileza e elegância ímpar", afirmou o usuário @geodant. "Uma perda enorme. Meus sentimentos para a família dele, esposa e filhos", acrescentou @mgncpi. 

O prefeito Firmino Filho também decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do médico Noé Fortes. O portal da Prefeitura de Teresina publicou uma nota assinada por Firmino, em que aproveitou para prestar a solidariedade à família. “O Dr. Noé tinha uma grande história com a cidade e merece todas as nossas homenagens. Nos solidarizamos com a família e amigos neste momento de dor, reconhecendo o legado deixado por Noé Fortes na área da medicina na capital. A cidade de Teresina tem gratidão ao trabalho deixado por ele”, pontuou.

Confira a nota na íntegra:

Manifesto meu profundo pesar pelo falecimento do médico Noé Fortes, que aconteceu na manhã desta quarta-feira. Noé Fortes deu grandes contribuições para a cidade de Teresina como médico e como gestor.

Noé Fortes era médico pediatra com atuação em nutrologia, medicina preventiva e integrativa. Na área acadêmica, foi professor da Universidade Federal do Piauí. Como gestor da área de saúde, foi diretor do Hospital Getúlio Vargas e do Hospital Lucídio Portela. Na área médica, foi presidente do Conselho regional de Medicina e da Associação Piauiense de Medicina. Em Teresina, foi o primeiro gestor da Secretaria Municipal da Saúde e deu relevantes contribuições na implementação de políticas públicas voltadas para a saúde dos teresinenses.

Me solidarizo com a família e amigos neste momento de dor, ao mesmo tempo em que ressalto o legado deixado por Noé Fortes na área da medicina na capital e destacando ainda a gratidão da cidade ao trabalho deixado por este ilustre médico. Perder alguém especial, ainda mais em um momento como esse, é uma dor difícil de mensurar.

Reprodução

O Governo do Piauí destacou a grande contribuição dada por Noé Fortes a medicina piauiense através de uma nota. O Governo do Estado do Piauí lamenta o falecimento do médico Noé Fortes, nesta quarta-feira (13). Noé Fortes muito contribuiu para a medicina do Piauí e se um dos médicos mais conhecidos e respeitados do Estado, onde ocupou muitas funções relevantes, foi professor da Universidade Federal do Piauí, Diretor Geral do Hospital Infantil Lucídio Portela, Diretor do Hospital Getúlio Vargas, Presidente do Conselho Regional de Medicina, Presidente da Associação Piauiense de Medicina,entre outros. Neste momento de dor, o Governo do Estado do Piauí presta condolências e solidariza com familiares, amigos e admiradores neste momento difícil.

O Conselho Regional de Medicina do Piauí divulgou uma nota lamentando o falecimento em uma publicação no Instagram. "Com imenso pesar, o Conselho Regional de Medicina do Piauí informa o falecimento do Dr Noé Fortes, por volta de 6h30 da manhã desta quarta-feira, no Hospital HTI, em Teresina. Dr. Noé Fortes era pediatra e foi professor do departamento de Medicina na UFPI. Atuante nas causas médicas, foi Predidente do CRM-PI, Presidente da Associação Piauiense de Medicina, Secretário Municipal de Saúde de Teresina, Diretor do Hospital Getúlio Vargas e do Hospital Infantil Lucídio Portela. Os conselheiros do CRM-PI prestam condolências aos familiares e amigos. Que possa o Dr. Noé Fortes encontrar a paz, tendo ele cumprido sua missão com muita dedicação e mérito".

Daniel Guimarães, Diretor do Grupo Meio Norte de Comunicação e amigo de Noé Fortes, exaltou como o médico era incrível para quem o conhecia pessoalmente e profissionalmente.


O médico e deputado estadual, Flávio Nogueira Júnior, publicou em seu perfil no Instagram seu lamento e admiração por Noé Fortes. "A medicina do Piauí perde um grande profissional. É com extremo pesar que recebi a notícia do falecimento de Noé de Cerqueira Fortes, um dos grandes médicos do Estado. Dr. Noé Fortes prestou relevantes serviços à medicina e participou diretamente da formação de inúmeros novos médicos. Sua dedicação e a sua contribuição constituem, sem dúvida, marca na medicina do nosso Estado. Neste momento de dor, me solidarizo com seus familiares, amigos, alunos e pacientes."


O jornalista Luciano Coelho também falou sobre o óbito. "Duas notícias tristes hoje: Faleceram o médico pediatra Dr. Noé Fortes e a Mamãe Noel, Lusineide Jales, que fazia a Casa da Mamãe Noel, no bairro Marquês, há 22 anos".


A Universidade Federal do Piauí (UFPI)  também se manifestou com pesar sobre o falecimento do professor Noé Mendes. "Um dos professores que consolidou o ensino da pediatria na UFPI desde 1973.  Foi o primeiro chefe do Departamento Materno Infantil", diz trecho da nota.

Veja:

A Administração Superior da Universidade Federal do Piauí, o Centro de Ciências da Saúde e toda a comunidade universitária comunicam e lamentam o falecimento do Professor Noé Fortes. 

Dr. Noé ocupou vários cargos e funções. Além de professor da UFPI foi também Diretor Geral do Hospital Infantil Lucídio Portela, Diretor do Hospital Getúlio Vargas, Presidente do Conselho Regional de Medicina, Presidente da Associação Piauiense de Medicina, Diretor do Centro de Ciências de Saúde da UFPI, Pró-Reitor de Extensão e Secretário Municipal de Saúde da Prefeitura de Teresina. 

Professor Noé foi um dos professores que consolidou o ensino da pediatria na UFPI desde 1973.  Foi o primeiro chefe do Departamento Materno Infantil.

Neste momento de dor, nos solidarizamos com seus familiares e amigos ratificando nosso voto de pesar pela grande perda e agradecimentos à dedicação e trabalho prestados a UFPI.

Meio Norte

O diretor-geral do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Gilberto Albuquerque lamentou, o falecimento do médico, professor e ex-diretor do HGV, Noé de Cerqueira Fortes, se solidariza com familiares e amigos e agradece à dedicação e os relevantes serviços prestados pelo ex-diretor à saúde do Piauí, em especial à frente da direção do HGV por duas vezes.

“Meus sentimentos à família deste grande mestre, meu ex-professor, que foi tão importante para a saúde do Estado do Piauí. A gente sente muito essa perda, uma figura exemplar. Meus sentimentos profundos, em nome do HGV, que tem muito a agradecer ao professor pela formação de muitos profissionais deste Estado”, destacou Gilberto Albuquerque.




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar