mais

Auxílio: “Não é preciso madrugar nas filas”, diz presidente da Caixa

Segundo Pedro Guimarães, todas as pessoas que chegarem às agências durante o horário de funcionamento, de 8h às 14h, serão atendidas

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, concedeu entrevista coletiva virtual na tarde de terça-feira (05), e esclareceu detalhes sobre o pagamento do Auxílio Emergencial aos brasileiros beneficiários durante a pandemia do novo coronavírus, enfatizando que o banco tem como 100% de sua atenção e prioridade a realização dessa que é a maior operação de pagamento de benefícios e bancarização da história do Brasil.

Auxílio: “Não é preciso madrugar nas filas”, diz presidente da Caixa - Imagem 1

Pedro Guimarães afirmou que a situação de atendimento aos clientes em agências na Caixa está "muito melhor" agora. Segundo ele, não há necessidade de as pessoas chegarem de madrugada às agências da Caixa para o recebimento do auxílio emergencial, pois todas as pessoas que chegarem às agências durante o horário de funcionamento, de 8h às 14h, serão atendidas. 

“Todos os que chegam até as 14h, horário de fechamento das agências, são informados de que o atendimento será realizado na mesma data. Não é preciso madrugar nas filas, evitando, assim, períodos excessivos de espera e aglomerações. A agência só vai fechar depois de todos serem atendidos”, declarou Guimarães, se referindo a população de baixa renda, que chegou a dormir na porta de agências para receber o pagamento de R$ 600.

Além disso, o presidente pontou que a Caixa intensificou o atendimento às pessoas que estão nas filas, de forma a dar celeridade com prestação de informações e geração de códigos (tokens) para a realização de saques, conforme o calendário de pagamento e da necessidade de se manter o distanciamento.

Na entrevista virtual nesta tarde, Guimarães lembrou que 50 milhões de pessoas se beneficiaram do auxílio. Deste total, 31,5 milhões são pessoas que receberam depósitos em suas contas e que já tinham familiaridade com os serviços bancários. Outras 18,5 milhões de pessoas receberam os valores em contas digitais por não terem relação com instituições financeiras.

Esta parcela da população, conforme Guimarães, precisa de maior auxílio dos funcionários da Caixa. "Muitos estão realizando saques nas agências pela primeira vez", disse. Segundo Pedro Guimarães, porém, boa parte desta população mais carente já foi atendida nos últimos dias, o que deve reduzir as filas nas agências de todo país no restante desta semana.

Auxílio: “Não é preciso madrugar nas filas”, diz presidente da Caixa - Imagem 2

Parcerias garantem organização e atendimento à população

Guimarães destacou também que o banco está em contato direto com as prefeituras para fechar parcerias para organização e atendimento à população. Em Teresina, as quatro principais agências da Caixa Econômica Federal, passaram a contar com estruturas para proteger a população do sol e normatizar o distanciamento social recomendado pelos especialistas em saúde. 

Além disso, mais de mil máscaras de tecido serão distribuídas nas filas para atendimento e as agências passarão, diariamente, por um processo de limpeza com a desinfecção adequada para amenizar os riscos de contágio da Covid-19. As ações são fruto do projeto Parcerias e Solidariedade, que tem sido executado pela Superintendência de Parcerias e Concessões do Governo do Piauí (Suparc), com a colaboração de empresas privadas e órgãos públicos municipais e estaduais.

As agências contempladas com a ação estão localizadas no Bairro Parque Piauí e Avenida Barão de Gurguéia, na zona sul de Teresina; além da agência do Bairro Dirceu Arcoverde, na zona sudeste; e da agência localizada na Avenida Presidente Kennedy, na zona leste da capital. De acordo com a Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal no Piauí, algumas dessas agências chegam a atender 250 pessoas por hora, nos períodos de movimentação mais intensa, e essa aglomeração de pessoas eleva os riscos de contaminação do coronavírus.

“Desde segunda-feira (4), todas as agências da Caixa funcionam com horário estendido, a fim de garantir um melhor atendimento à população. E, no próximo sábado (9), mais de 2 mil agências em todo país vão abrir para atendimento do Auxílio Emergencial”, enfatizou o presidente.

Adicionalmente, cerca de 3 mil funcionários do banco foram direcionados para o atendimento nas agências mais críticas. Além disso, estão sendo contratados novos 4.800 vigilantes (desse total, 2 mil já estão alocados) e 889 recepcionistas para reforçar a orientação e o atendimento ao público. Cinco caminhões-agência também vão ser colocados à disposição dos beneficiários do Auxílio Emergencial em locais com maior necessidade, sobretudo no Norte e Nordeste.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail