Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Banco Central divulga nota de R$ 200. Veja!

A cédula começa a circular hoje mesmo no país, de acordo com a instituição.

Compartilhe

O Banco Central lançou oficialmente hoje a nova cédula de R$ 200, que já começa a circular hoje mesmo no país, de acordo com a instituição. O animal escolhido para estampar a nota é o lobo-guará. As informações são do site da UOL.

Essa é a sétima cédula da família de notas do real, que já conta com as notas de R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100. As notas de R$ 1 não são mais produzidas. 

Banco Central divulga nota de R$ 200

450 milhões de notas até o fim do ano

 De acordo com o BC, a previsão é que até o fim do ano sejam produzidas 450 milhões de unidades da nota, equivalente a R$ 90 bilhões. O BC gastará R$ 113,8 milhões a mais do que o previsto no Orçamento anual para a produção das novas notas e para a impressão de mais 170 milhões de cédulas de R$ 100.

A produção da nota já era planejada antes, mas foi acelerada pela pandemia do coronavírus, que aumentou o entesouramento, ou seja, diminuiu a circulação de dinheiro em espécie na economia, segundo o BC. Isso ocorreu tanto por causa do fechamento do comércio quanto porque as pessoas passaram a guardar mais dinheiro em espécie em casa. 

Banco Central divulga nota de R$ 200

Entidades e partidos questionam nova nota

Logo após o anúncio de que o BC lançaria a nova nota, entidades anticorrupção criticaram a medida que, segundo eles, facilita a circulação, ocultação e lavagem de dinheiro proveniente do crime.

Com base no mesmo argumento, os partidos Rede, PSB e Podemos ingressaram com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) pedindo a suspensão da nova nota. 

Em manifestação enviada ao STF na quinta-feira (27), o BC argumentou que a suspensão acarretaria um "sério prejuízo", pois a Casa da Moeda já havia entregado à entidade 7,2 milhões de cédulas de R$ 200 e que, até hoje, a previsão é de que esse número chegue a 20 milhões.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar