bandeira tarifária para o mês de dezembro segue verde, anunciou nesta sexta-feira (25/11) a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). “Essa decisão confirma nossas projeções de que não haveria custos adicionais nas contas de luz na maior parte de 2022, desde abril até o final do ano, devido às boas condições de geração de energia no País”, comentou o diretor-geral da Agência, Sandoval Feitosa. “Temos aprimorado esse mecanismo para que os consumidores tenham cada vez mais conhecimento sobre a operação do nosso sistema e possam, assim, ter melhor gestão sobre seu consumo”, adicionou.

Bandeira tarifária de energia segue verde em dezembro, anuncia ANEEL - Foto: Agência BrasilBandeira tarifária de energia segue verde em dezembro, anuncia ANEEL - Foto: Agência Brasil

Com a chegada do período chuvoso, melhoram os níveis dos reservatórios e as condições de geração das usinas hidrelétricas, as quais possuem um custo mais baixo. Dessa forma, não é necessário acionar empreendimentos com energia mais cara, como é o caso das usinas termelétricas.

Lançado pela ANEEL em 2015, o sistema de bandeiras tarifárias é uma importante ferramenta de transparência que permite aos consumidores acompanhar, mês a mês, as condições de geração de energia no País. Antes, esse custo era atualizado de uma única vez ao ano e os consumidores só conheciam depois, nas revisões anuais das tarifas de energia de cada distribuidora. Agora, as bandeiras sinalizam com antecedência o custo real da energia e permitem ao consumidor se programar e ter um consumo mais consciente, evitando o desperdício. Saiba mais sobre as bandeiras tarifárias.